PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcelo alterna esquemas e estuda o Flu ideal para encarar o Bahia

Marcelo orienta jogadores do Flu antes de treino no CT do Tricolor - Lucas Merçon/Fluminense F.C
Marcelo orienta jogadores do Flu antes de treino no CT do Tricolor Imagem: Lucas Merçon/Fluminense F.C

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/11/2018 04h00

Exceção feita aos jogadores que vêm desfalcando o time por lesão e ao meio-campista Richard, o técnico Marcelo Oliveira não tem grandes baixas para escalar a equipe do Fluminense que encara nesta quinta-feira (22) o Bahia, às 21h, na Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro.

Após jogar com dois zagueiros no empate com o Ceará, o treinador estuda se mantém o desenho ou manda a campo três defensores em Salvador. E essa é a grande dúvida do comandante, já que ele tem alternado as formas de jogar e vem fazendo um rodízio de homens no meio e no ataque.

Após cumprir suspensão, Jadson está à disposição e deve jogar desde o início.

Possível escalação

Julio César; Igor Julião, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Dodi, Jadson e Sornoza; Cabezas (Paulo Ricardo ou Matheus Alessandro), Luciano e Everaldo. Técnico: Marcelo Oliveira

Principais dúvidas

Em situação complicada no Campeonato Brasileiro, Marcelo Oliveira estuda se escala o Flu com dois ou três zagueiros. Caso vá com uma dupla de defensores, Cabezas pode ganhar nova chance no ataque. Após cumprir suspensão, Jadson volta ao time. Após deixar o jogo conta o Ceará com dores, Airton não tem presença certa.

Suspenso

Richard

Pendurados

Júlio César, Marlon, Mateus Norton e Júnior Dutra

Lesionados

Ibañez, Pedro, Gilberto, Pablo Dyego, Léo e De Amores

Retrospecto entre os times

No confronto histórico ante os baianos no Brasileiro, vantagem para o Flu. Em 40 jogos, os cariocas somam 18 vitórias, 15 empates e sete derrotas. No turno, empate por 1 a 1 entre os tricolores.

Esporte