PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jogadores de Vasco e Fla empurram ambulância com jogador que desmaiou

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/09/2018 20h36

O clássico entre Flamengo e Vasco, neste sábado, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), teve uma dividida muito forte aos 27 minutos do segundo tempo entre os jogadores cruzmaltinos Luiz Gustavo e Bruno Silva, e o segundo acabou levando a pior. O volante bateu a cabeça e saiu desacordado. Médicos das duas equipes o atenderam e aos poucos ele foi recuperando a consciência. O jogador precisou deixar o gramado de ambulância e seguiu para um hospital da região, onde passou por uma tomografia que não acusou nenhuma alteração.

A cena bizarra é que o veículo teve uma pane após desligar para o atendimento e os atletas dos dois times precisaram empurrá-la para que ele pegasse no tranco. No total, o jogo ficou paralisado por dez minutos.

"A primeira vez (que empurrou uma ambulância). Cena lamentável. Achei até que o motorista estava de brincadeira, mas ele disse que tinha desligado e pediu nossa ajuda. Conseguimos empurrar um pouquinho e a ambulância pegou no tranco", disse o zagueiro rubro-negro Réver ao Sportv.

 

O vascaíno Bruno Silva desmaia após bater a cabeça no chão no clássico com o Flamengo - Reprodução/Premiere - Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere

Bruno Silva teve três choques com a cabeça. O primeiro na dividida com Luiz Gustavo, o segundo direto no gramado e o terceiro quando o zagueiro caiu sobre ele. 

De acordo com informações do Sportv obtidas junto aos médicos do Vasco, Bruno Silva alegou estar com muitas dores na cabeça, no pescoço e na perna direita. O adversário Réver lamentou:

"Ficamos tristes pelo ocorrido. Sabemos que estamos sujeitos a isso o jogo todo. É um esporte de contato. É torcer para que não seja algo grave para que ele volte a fazer o que deve mais amar. Ali acabou tendo um equilíbrio ainda maior porque eles não podiam fazer mais substituições".

Esporte