PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mesmo após vitória, Dorival fala em "alerta ligado" e destaca torcida do SP

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

28/10/2017 20h05

Dorival Júnior não quer saber de comemoração pela vitória do São Paulo diante do Santos na tarde deste sábado (28), no Estádio do Pacaembu. O técnico afirmou logo após o triunfo que o importante é manter o sinal de alerta ligado o tempo inteiro.

A equipe paulista conseguiu respirar um pouco na luta contra o rebaixamento após engatar a segunda vitória seguida, mas ainda tem lições tiradas da derrota contra o Fluminense, no Rio de Janeiro.

“Eu fui para o Rio aquela vez tranquilo, achando que a equipe faria um grande jogo. E aí... Naquele dia... Não podemos nos dar a esse luxo. O Campeonato não proporciona isso. Essa semana, vai ser alerta o tempo inteiro, porque a gente teve possibilidades e agora finalmente fizemos dois grandes jogos, contra Flamengo e Santos”, afirmou.

“O campeonato não acaba aqui, porque a gente vai precisar lutar até a última partida. Temos que ter essa dignidade e vamos falar disso a semana inteira. Nosso passivo é muito alto ainda”, completou.

Dorival ainda fez questão de elogiar bastante o comportamento da torcida são-paulina, que lotou o Pacaembu com mais de 40 mil pessoas. Até antes de a bola rolar, eles foram ao CT para acompanharem a delegação que saía de lá para o Estádio do Pacaembu.

“Eu queria que a gente falasse disso, porque as coisas ruins são mostradas exaustivamente. Hoje, o que a gente viu na saída do CT nos impressionou. É na contramão na história de tudo o que a gente tem visto por aí em aeroportos, CTs, com agressão e cobranças. Os são-paulinos têm feito outro papel. Respiramos melhor durante a semana agora, mas no final dela já tem outro confronto”, completou.

O São Paulo agora volta a treinar na segunda-feira para enfrentar o Atlético-GO, no sábado, às 19h, no Serra Dourada.

Esporte