PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pressionado, Cruzeiro tenta evitar maior sequência negativa da temporada

Mano Menezes cobra melhora do Cruzeiro na atual temporada - Washington Alves/Cruzeiro
Mano Menezes cobra melhora do Cruzeiro na atual temporada Imagem: Washington Alves/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

25/06/2017 04h00

Vencer se tornou uma obrigação no Cruzeiro. Há três partidas sem obter um triunfo, o time entra em campo neste domingo (25), às 16h (de Brasília), pressionado por um triunfo sobre o Coritiba.

Um tropeço significaria a maior sequência negativa da equipe na atual temporada. Até o momento, as piores séries do time de Belo Horizonte contam três duelos seguidos sem vencer.

Os mineiros tropeçaram em sequência contra Chapecoense - empate pela Copa do Brasil e revés no Brasileirão - e Bahia - derrota na Fonte Nova. A outra série negativa é a atual. A Raposa perdeu para Corinthians e Ponte Preta e empatou com o Grêmio.

As séries negativas recentes acarretam em pressão sobre o trabalho exercido por Mano Menezes. O técnico revela que há cobrança interna por conta dos maus resultados do Campeonato Brasileiro:

"A pressão é interna, porque a gente se incomoda quando o resultado não vem, a gente sabe da importância dele (resultado) para valorizar nosso trabalho. A boa atuação é o caminho para a vitória, e ela não se resolve em si. A gente precisa dos três pontos para dar tranquilidade para poder dar um salto de qualidade", afirmou.

"O início de Brasileiro está com as equipes muitas parecidas, a não ser duas equipes (Corinthians e Grêmio). Temos que fazer no domingo o que estamos fazendo, e as atitudes que tomamos nas escolhas para o jogo da Ponte, certamente, vão influenciar na possibilidade de fazer um resultado de três pontos na partida", acrescentou.

Esporte