PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vitória bate o "freguês" América-MG e deixa a zona de rebaixamento

Do UOL, em Belo Horizonte

28/08/2016 20h24

O Vitória manteve a escrita de jamais perder para o América-MG como mandante em uma competição oficial e deixou a Arena Fonte Nova, neste domingo (28), com um triunfo por 2 a 1 sobre o time de Belo Horizonte, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão. O volante Marcelo e o atacante David garantiram o resultado para o mandante. Danilo Barcelos marcou para o time visitante.

Com o placar, os comandados de Vagner Mancini deixam a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Atualmente, a equipe ocupa a 16ª posição, com 26 pontos conquistados. O América, por sua vez, permanece na lanterna da competição. O time de Belo Horizonte segue com 13 pontos.

O melhor: Cárdenas se movimenta bem e cria boas chances para o Vitória

O primeiro tempo do colombiano foi muito apagado, mas a exibição na etapa complementar rendeu a ele o rótulo de melhor em campo. O baixinho do Vitória se movimentou bastante e criou boas oportunidades. Ele deu os principais passes no setor ofensivo e, por pouco, não coroou a boa atuação com um gol. O jogador, inclusive, foi o responsável pela assistência para o atacante David.

O pior: Matheusinho perde gol para o América-MG e prende demais a bola

O América-MG se fechou na marcação e reduziu os espaços dos meias de criação do Vitória. O trio formado por Leandro Guerreiro, Juninho e Pablo neutralizou Cárdenas e os homens do sistema ofensivo do mandante. Não é à toa que o gol do rival na etapa inicial saiu em chute de fora da área de um volante. O grande problema dos mineiros foi a pontaria. Michael e Matheusinho desperdiçaram boas chances de estufar a rede de Fernando Miguel. Os homens de frente do América só fizeram um gol nos minutos finais, quando Danilo Barcelos balançou a rede.

Lesões exigem mudanças rápidas de Vagner Mancini

O treinador do Vitória precisou efetuar modificações muito rapidamente. Antes do início da etapa complementar, Vagner Mancini realizou duas alterações. Willian Farias deixou o gramado com um estiramento no músculo posterior da coxa direita para a entrada de José Welison e Vander saiu durante o intervalo. O atacante queixou-se de dor na perna direita e foi substituído por David.

Enderson Moreira demora a mexer e não demonstra repertório

Embora estivesse em desvantagem no placar, o treinador do América-MG demorou a modificar a equipe. A primeira alteração do comandante ocorreu somente aos 16 minutos da etapa complementar, quando Danilo Barcelos entrou na vaga de Matheusinho. O grande problema é que ambos exercem a mesma função. O time ficou preso a um esquema tático e sequer esboçou uma reação. O comandante só abandonou a formação com três volantes aos 28 minutos do tempo final.

Vitória segue sem perder para o América-MG na Bahia

O Vitória jamais foi derrotado pelo América-MG em Salvador em partidas válidas por competições oficiais. As duas equipes se enfrentaram nove vezes – contando com a partida deste domingo (28). Foram sete vitórias do time nordestino e dois empates. O primeiro encontro na cidade baiana ocorreu em 1972 e foi válida pelo Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica
Vitória x América-MG

Motivo: 22ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 28 de agosto de 2016 (domingo)
Hora: às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS/Fifa)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Cartão amarelo: Vander, Marcelo, Kieza, Victor Ramos (Vitória); Osman, Jonas, Pablo, Gilson (América-MG)
Gols: Marcelo – 37’/1ºT (1-0); David – 18’/2ºT (2-0); Danilo Barcelos – 40'/2ºT (2-1)

Vitória
Fernando Miguel; Diogo Mateus, Ramon, Victor Ramos e Diego Renan; Willian Farias (José Wellison), Marcelo e Cárdenas (Serginho); Kieza, Vander (David) e Rodrigo Ramallo.
Técnico: Vágner Mancini.

América-MG
João Ricardo; Jonas, Alison, Sueliton e Gilson; Leandro Guerreiro (Diego Lopes), Juninho e Pablo; Matheusinho (Danilo Barcelos), Osman e Michael (Nilson).
Técnico: Enderson Moreira.
 

Esporte