Topo

Esporte


Cuca vê falta de "conjunto e entrosamento" com mudanças no Atlético-MG

Cuca admite que frequentes desfalques atrapalham rendimento do time no Brasileirão  - Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG
Cuca admite que frequentes desfalques atrapalham rendimento do time no Brasileirão Imagem: Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

06/09/2013 17h58

Com campanha irregular no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG tem convivido com constantes mudanças na equipe por causa dos frequentes desfalques. O técnico Cuca e o atacante Guilherme admitem que a situação prejudica o rendimento do time, mas apostam na força do elenco alvinegro.

“Você perde em conjunto e entrosamento. Às vezes, você tem jogador machucado, como temos o (Leandro) Donizete, suspenso, como temos o Pierre e o Réver, ou na seleção, como temos o Jô e o Marcos Rocha, mas faz parte do contexto”, observou o treinador.

“É por isso que quando se monta um grupo de atletas para um ano, a gente bate na tecla de ter um grupo forte, não se preocupando apenas com os titulares. É pensando nesses momentos em que você vai perder jogadores importantes e precisa ter reposição quase que com a mesma qualidade”, acrescentou.

Além de Pierre, Réver, Jô, Marcos Rocha e Leandro Donizete, citados por Cuca, o Atlético não conta com Alecsandro, Gilberto Silva e Carlos César, que estão no departamento médico. O lateral Júnior César, que apresentou quadro de virose, foi vetado para o jogo com o Vitória, neste sábado, às 18h30, em Salvador, no encerramento do primeiro turno do Brasileirão.

Guilherme crê que as constates mudanças na equipe prejudicam o Atlético. “Atrapalha bastante porque a gente nunca sabe o que pode encontrar dentro de uma partida. Às vezes o treinador monta uma situação e o jogo oferece outra, às vezes expulsão, lesão, enfim, cada vez mais quando se perde um atleta é ruim para o grupo”, disse.

Para o atacante, o elenco atleticano tem qualidade para superar os problemas. “Como sempre falo, o grupo foi montado para suportar essas situações, de venda, de lesão, de suspensão, convocações para a seleção. Tenho certeza que quem for ocupar essa vaga vai dar o melhor porque está preparado”, ressaltou Guilherme.

Mais Esporte