PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Os cinco motivos para acreditar que Massa pode voltar a vencer em 2015

Massa fechou a temporada de 2014 com um segundo lugar em Abu Dhabi - AFP PHOTO / KARIM SAHIB
Massa fechou a temporada de 2014 com um segundo lugar em Abu Dhabi Imagem: AFP PHOTO / KARIM SAHIB

Do UOL, em São Paulo

03/03/2015 06h00

A Williams de Felipe Massa mostrou ser a segunda força no grid da Fórmula 1 após os testes de pré-temporada, dando indícios de que o brasileiro pode ter um bom campeonato em 2015. E, apesar do claro domínio da Mercedes, que segue na frente depois de ter vencido 16 das 19 provas do ano passado, os resultados sugerem que o incômodo jejum de vitórias do brasileiro pode estar com os dias contados.

Confira os 5 motivos para acreditar que Massa pode voltar a vencer nesta temporada, algo que não acontece desde o GP do Brasil de 2008.

1. Williams demonstrou ser veloz e confiável na pré-temporada
O FW37 não apenas terminou a pré-temporada com o terceiro e quarto melhores tempos, como também demonstrou um forte ritmo de corrida nas simulações feitas por Massa e seu companheiro, Valtteri Bottas. Tanto em classificação, quanto em GP, acredita-se que o FW37 só esteja atrás da Mercedes. E, de quebra, o carro apresentou poucos problemas técnicos durante os testes.

2. Maior entrosamento entre Massa e a equipe
Em seu segundo ano na Williams, Massa pôde ser ouvido no desenvolvimento do projeto deste ano, ao contrário de 2014, quando chegou da Ferrari com o carro já praticamente pronto para o início da temporada. Além disso, o piloto já estará mais adaptado à forma de trabalhar da equipe.

3. Expectativa de briga interna na Mercedes
Como as previsões apontam para mais um campeonato disputado por Lewis Hamilton e Nico Rosberg, espera-se que ambos lutem ferrenhamente pelo título, abrindo espaço para quebras ao forçar muito o carro ou até mesmo batidas, dando oportunidades aos demais. Afinal, foi assim que Daniel Ricciardo, da Red Bull, se aproveitou para vencer três etapas em 2014, mesmo com a supremacia do equipamento da Mercedes.

4. Carro de 2015 herdou a velocidade de reta do ano passado
Constantemente durante os testes, a Williams apareceu com o carro mais veloz nas retas. Porém, diferentemente do ano passado, o FW37 começa o ano com mais estabilidade nas curvas, algo que prejudicou o time principalmente no início do campeonato. Assim, a lógica aponta que as chances da Williams aumentarão em pistas de alta velocidade.

5. Williams tem mais dinheiro para desenvolver o carro
Em 2014, o time conseguiu superar gigantes como a Ferrari com a metade do orçamento. Depois de conquistar o terceiro  lugar no mundial de construtores e conseguir mais patrocinadores, a expectativa é que o fluxo de caixa melhore, permitindo que o desenvolvimento do carro ao longo da temporada seja ainda melhor em 2015.

Fórmula 1