PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

8 brasileiros entre os 32 finalistas do Challenger de Haleiwa, no Havaí

Thiago Camarão segue em busca da vaga para a elite da WSL em 2022 - WSL
Thiago Camarão segue em busca da vaga para a elite da WSL em 2022 Imagem: WSL
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

29/11/2021 20h29

Depois de 2 dias sem competição, as ondas voltaram a Haleiwa. E a segunda-feira foi excelente para o time verde e amarelo.

Dos 6 competidores que caíram na água, 5 avançaram para o round 32 e seguem com chances de título no Havaí. Resultados importantíssimos para 4 deles, que ainda disputam vagas na elite da World Surf League no ano que vem.

O 'Michelob ULTRA Pure Gold Haleiwa Challenger' é a quarta e última etapa do Challenger Series, circuito da divisão de acesso que vai classificar 12 homens e 6 mulheres para o Championship Tour 2022.

Na 10ª bateria da 2ª fase, os paulistas Alex Ribeiro e Wiggolly Dantas fizeram dobradinha. Alex iniciou o evento em 32º na classificação geral. Wiggolly está 10 posições abaixo.

Sanuel Pupo e Caio Ibelli também avançaram com vitórias. Samuel está justamente na linha de corte para subir. Caio, que disputou o CT 2021 e tenta a reclassificação, precisa seguir ainda mais, já que ocupa apenas o 68º lugar.

O outro classificado do dia - e como 1º da bateria - foi Deivid Silva, que como já está garantido no WT, corre o evento como preparação para a próxima temporada.

A única baixa da segunda-feira foi Alejo Muniz, que ficou em terceiro na mesma bateria de Deivid. Com o resultado, Alejo não tem mais chances de retornar para a elite.

jesse - WSL - WSL
Jessé Mendes está entre so 32 finalistas do CS de Haleiwa
Imagem: WSL

Alex, Wiggoly, Caio, Samuel e Deivid se juntam a Jessé Mendes, Thiago Camarão e João Chumbinho, que já haviam garantido presença no round 3 na sexta-feira.

Com 8 surfistas ainda presentes na chave, o Brasil tem 25% dos representantes do campeonato.

Confira os próximos confrontos:

heat 1: Conner Coffin (EUA) x Jake Marshall (EUA) x Seth Moniz (HAV) x Matthew McGillivray (AFS)

heat 2: Charly Quivront (FRA) x Ezekiel Lau (HAV) x Crosby Colapinto (EUA) x Callum Robson (AUS)

heat 3: John John Florence (HAV) x Jessé Mendes x Jacob Willcox (AUS) x Jack Freestone (AUS)

heat 4: Thiago Camarão x João Chumbinho x Jack Robinson (AUS) x Shion Crawford (HAV)

heat 5: Griffin Colapinto (EUA) x Alex Ribeiro x Luke Swanson (HAV) x Billy Stairmand (NZL)

heat 6: Kalani Ball (AUS) x Wiggolly Dantas x Samuel Pupo x Caio Ibelli

heat 7: Ian Gentil (HAV) x Cody Young (HAV) x Jordan Lawler (AUS) x Liam O'Brien (AUS)

heat 8: Kanoa Igarashi (JAP) x Connor O'Leary (AUS) x Deivid Silva x Vasco Ribeiro (POR)

por @thiago_blum / @surf360_