PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

'A curiosa história de Italo Ferreira': conheça mais sobre o campeão

A curiosa história de Italo Ferreira - divulgação / Red Bull TV
A curiosa história de Italo Ferreira Imagem: divulgação / Red Bull TV
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

08/09/2021 04h00

"Dei muita risada, tá muito bom. Me deixou mais instigado".

Direto, seco... e preciso. Do jeito que está acostumado a fazer... rasgando forte nas rápidas direitas de Baía Formosa.

Ele está a prestes a escrever mais um capítulo.

De vitórias, na vida e no esporte.

Amanhã abre a janela do período previsto para as finais da WSL.

E a partir de hoje, os fãs vão saber ainda mais sobre o campeão mundial e olímpico.

De Rio Grande do Norte até a conquista do planeta.

É o que traz 'A curiosa história de Italo Ferreira', co-produção da O2 com a Billabong, disponível gratuita e exclusivamente pela Red Bull TV.

Assistir o doc não é apenas conhecer melhor a trajetória.

É mergulhar na origem e entender de onde vem o combustível que o alimenta.

A força da mãe, a inspiração do pai, a energia e a aura da avó, a presença fiel dos verdadeiros amigos. E a admiração de toda a população da pequena cidade do RN, que cada vez mais cuida e abraça o ídolo.

Do açougueiro, que diz também se sentir campeão.

Até as crianças, fãs que dividem as ondas sonhando com um futuro parecido.

Personagens indispensáveis.

Italo é o protagonista, lógico.

Mas acredite, não é o único.

Marcelo Buxexa, parceiro desde a infância, narra o projeto e divide as emoções... nas derrotas e vitórias.

Engraçado e não menos carismático, ele é o fio condutor da jornada. O cara que acreditou no sonho do amigo, que ficou responsável pelas imagens do surfista e viveu de pertinho as conquistas.

Durante um mês, Luiza de Moraes colou olhos e lentes no campeão. Dirigiu o atleta, viveu o clima da vila, pôde conviver com os lados tímido e extrovertido.

E precisou aguardar mais do que esperava para completar a obra.

Italo Ferreira - Tony Heff/World Surf League via Getty Imag - Tony Heff/World Surf League via Getty Imag
Ítalo Ferreira na etapa do México da WSL
Imagem: Tony Heff/World Surf League via Getty Imag

Confiante, Italo pediu que ele só fosse lançado depois da Olimpíada de Tóquio.

E a medalha de ouro foi o complemento ideal numa trajetória já quase perfeita.

Mas é bom lembrar: é uma história que tem ainda muito a ser contada, como deixam bem claro o americano Shane Dorian e o australiano tricampeão mundial Mick Fanning.

Craques e consagrados, eles acompanharam todo o desenvolvimento.

Nomes presentes em momentos marcantes na vida do potiguar: a primeira vitória e o título no WCT.

Estamos às vésperas de mais uma disputa pelo título mundial... e um novo roteiro pode vir à tona.

Como as ondas do mar, que nunca cessam de bater na bancada.

Bem parecidas com o incansável campeão.

Italo Ferreira - Tony Heff/World Surf League - Tony Heff/World Surf League
Italo Ferreira durante a etapa do México do Circuito Mundial de Surfe 2021
Imagem: Tony Heff/World Surf League

"Tudo isso passa. O que fica realmente é nossa história, nossa amizade. E é isso que eu continuo fazendo. Claro que eu tenho desejos, tenho sonhos pra ser conquistados e buscando cada vez mais. Mas o que fica é o que a gente constrói", disse Italo Ferreira.

O documentário já está disponível na página da Red Bull, através do link http://www.redbull.com.br/acuriosahistoriadeitalo

Não perca este encontro!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL