PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Chegou a hora da piscina

Gabriel Medina, na final da etapa Surf Ranch Pro - Sean M. Haffey/Getty Images
Gabriel Medina, na final da etapa Surf Ranch Pro Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

14/06/2021 19h39

Resumo da notícia

  • Piscina de ondas do Surf Ranch recebe a 6ª etapa da temporada 2021 da WSL
  • Evento masculino e feminino rolam de sexta a domingo
  • Líder do ranking mundial, Gabriel Medina vau tentar o tricampeonato na água doce de Lemoore
  • 2º melhor na temporada, Italo Ferreira vai atrás do troféu inédito na Califórnia
  • Vice-campeão em 2018 e 2019 e em 4º na classificação geral, Filipe Toledo pode subir no ranking
  • No feminino, Tatiana Weston-Webb vai superar o 5º lugar de 2019, melhor resultado dela na piscina

Água doce... nada de disputas por remada ou pela melhor posição no pico... ondas absolutamente perfeitas e idênticas para todos.

Vem aí a etapa "especial" e "diferente" do mundial... super esperada e adorada pelos atletas.

De sexta a domingo, os melhores do mundo vão desfilar nas direitas e esquerdas da piscina do "Surf Ranch", em Lemoore, na Califórnia.

Será a 3ª vez que o "quintal" de Kelly Slater recebe um evento ofiicial da World Surf League.

E os brasileiros sempre se dão bem por lá.

Em 2018 e 2019, Gabriel Medina e Filipe Toledo garantiram a dobradinha verde e amarela. Medina campeão e Filipinho vice.

Depois de uma passagem quase perfeita pela perna australiana - com dois títulos e um 2º lugar - Gabriel chega ainda mais embalado e favorito. A vantagem do camisa 10 na liderança do ranking sobre Italo Ferreira é de quase 9 mil pontos. O melhor resultado do potiguar nas ondas de máquina foi um 9º lugar.

Especialista por lá, Filipe Toledo pode ganhar posição no geral, já que o sul-africano Jordy Smith - atualmente em 3º - precisou fazer uma cirurgia e não vai aos Estados Unidos.

Os desfalques aliás, vão marcar a 6ª etapa do calendário.

Alguns australianos, como o craque Julian Wilson, optaram em voltar pra casa após as disputas do ISA Games em El Salvador.

O bicampeão mundial John John Florence e o compatriota Kolohe Andino - representantes americanos na olimpíada - ainda se recuperam de lesões graves e mantém o foco principal na chance de estarem 100% saudáveis para as baterias em Tóquio.

Pelo menos Kelly Slater,o dono do parquinho - ausente nos 4 eventos de abril e maio da Austrália - confirmou que vai estar na chave.

Kelly Slater - WSL / Sean Rowland - WSL / Sean Rowland
Kelly Slater pega onda em Surf Ranch, na Califórnia
Imagem: WSL / Sean Rowland

O time brasileiro vai estar completo... e vários atletas precisam de bom resultado para subir no ranking.

Além de Medina, Italo e Filipe, a situação da turma é a seguinte: Yago Dora (11º), Caio Ibelli (14º), Miguel Pupo (16º), Adriano de Souza (19º), Jadson André (22º), Deivid Silva (24º), Peterson Crisanto (26º) e Alex Ribeiro (34º).

Lucas Vicente - campeão mundial pró-júnior em 2019 - entra como substituto e reforça o elenco.

No feminino, Tati Wesron-Webb, atual número 3, vai tentar o título inédito. O melhor resultado dela no "Surf Ranch" foi o 5º lugar em 2019.

A havaiana Carissa Moore e a americana Lakey Peterson venceram as competições femininas nas edições anteriores.

Depois da piscina, o mundial faz uma pausa para os Jogos Olímpicos. Em seguida, o tour retorna para a água salgada, com campeonatos no México e Tahiti.

A etapa do Brasil, prevista para agosto em Saquarema, no litoral do Rio de Janeiro, foi oficialmente cancelada.

As finais que vão definir os campeões feminino e masculino estão confirmadas para setembro, nas ondas de Trestles, em San Clemente, também na Califórnia.