PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodolfo Rodrigues: Fora de Itaquera, Corinthians vira presa fácil

Luan lamenta chance perdida pelo Corinthians na partida contra o Ceará - Kely Pereira/AGIF
Luan lamenta chance perdida pelo Corinthians na partida contra o Ceará Imagem: Kely Pereira/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

25/11/2021 22h07

Deu a lógica no Castelão. Jogando fora de casa, o Corinthians foi mais uma vez derrotado e perdeu para o Ceará por 2 x 1 nesta quinta-feira (25) pela 35ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o time o técnico Sylvinho chegou a 8 jogos sem vitória como visitante na competição, acumulando sua terceira derrota seguida (Atlético-MG, Flamengo e Ceará).

Se em casa o Corinthians vem mostrando uma grande força (são 10 jogos sem derrota e 7 vitórias seguidas), fora de Itaquera, a situação é oposta. No segundo turno, o time paulista ainda não venceu (3 empates e 5 derrotas), impedindo o Corinthians de garantir logo um lugar no G4 ou ainda brigar pelo 3º lugar com o rival Palmeiras.

Segundo melhor visitante do primeiro turno do Brasileirão 2021, com 63,3% de aproveitamento dos pontos (5 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota), o Corinthians é um dos piores visitantes desse segundo turno. Sua última vitória fora de casa foi contra o Grêmio, pela 18ª rodada, há longos três meses, no dia 29 de agosto.

Corinthians como visitante no 2º turno do Brasileirão 2021:
1 x 1 Atlético-GO
2 x 2 Bragantino
0 x 1 Sport
0 x 1 São Paulo
2 x 2 Internacional
0 x 3 Atlético-MG
0 x 1 Flamengo
1 x 2 Ceará

No jogo desta quinta, o técnico Sylvinho começou o jogo com Renato Augusto e Willian no banco, colocando Luan e Du Queiroz como titulares. Mas logo aos 6 minutos, numa falha de Cássio, que jogou a bola no pé de Vina na saída de bola, o Corinthians saiu atrás. Apesar de ter mais posse de bola (62% a 38% segundo o SofaScore), e um volume maior de jogo, o Corinthians não conseguiu encontrar espaços na defesa adversária e sofreu com os contra-ataques. Tanto, que acabou finalizando menos que o Vovô (11 a 8).

Sylvinho, mais uma vez, não conseguiu faz o time render ofensivamente, com mais objetividade. No segundo tempo, aos 10 minutos, Willian e Renato Augusto entraram, deram mais qualidade ao time, e o Corinthians conseguiu o gol de empate aos 39 do segundo tempo. Mas dois minutos depois levou o segundo gol. Por sorte, o Fortaleza perdeu para o Santos e o Corinthians manteve a 4ª colocação.

Nas rodadas restantes, o Corinthians tem dois jogos em casa (Athletico-PR e Grêmio) e um fora (Juventude, na última rodada). Dá para o time garantir ainda esse 4º lugar, mas o desempenho como visitante foi muito decepcionante. Ainda mais pelo futebol que mostrou em Itaquera.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL