PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodolfo Rodrigues: Só o Flamengo pode tirar o 'título' do 1º turno do Galo

Eric Ramires e Tchê Tchê disputam lance em Red Bull Bragantino x Atlético-MG - Diogo Reis/AGIF
Eric Ramires e Tchê Tchê disputam lance em Red Bull Bragantino x Atlético-MG Imagem: Diogo Reis/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

29/08/2021 22h24

Líder do Brasileirão, o Atlético-MG ficou no empate contra o Bragantino neste domingo (29) e perdeu a chance de conquistar de forma antecipada o título simbólico do 1º turno do Brasileirão 2021. Depois de sair perdendo em Bragança Paulista, o Galo foi buscar o empate nos minutos finais, com o estreante Diego Costa.

Esse foi o segundo empate seguido fora de casa do time de Cuca, que agora tem 4 pontos a mais que o Palmeiras (39 a 35), o segundo colocado. Faltando apenas uma rodada para o fim do primeiro turno, o Galo só pode ser alcançado pelo Flamengo, que tem 31 pontos, mas que ainda tem dois jogos atrasados. Um empate do Fla nesses jogos, no entanto, garante o título do 1º turno ao Galo.

Na história do Brasileirão por pontos corridos, o título simbólico do 1º turno tem um significado importante. Nas 18 edições anteriores, desde 2003, 13 desses campeões do turno ficaram com o título ao final do campeonato: Cruzeiro (2003), Santos (2004), Corinthians (2005), São Paulo (2006), São Paulo (2007), Fluminense (2010), Corinthians (2011), Cruzeiro (2013), Cruzeiro (2014), Corinthians (2015), Palmeiras (2016), Corinthians (2017) e Flamengo (2019).

Apenas cinco campeões do turno não confirmaram o título ao final do 2º turno: Grêmio (2008), Internacional (2009), Atlético-MG (2012), São Paulo (2018) e São Paulo (2020). Em 2012, o Galo fez uma grande campanha, conquistando 43 pontos, mas acabou sendo ultrapassado pelo Fluminense de Muricy Ramalho, que fez um no 2º turno sensacional.

O empate do Galo contra o Bragantino deixa também o Brasileirão mais aberto e com uma disputa interessante no segundo turno, principalmente com os favoritos Palmeiras e Flamengo, que, assim como o Atlético-MG, estão envolvidos com a reta final da Libertadores e, com exceção do Alviverde, da Copa do Brasil.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL