PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

Os brasileiros com o melhor desempenho em mata-matas da Libertadores

Jogadores do Grêmio comemoram gol de Ferreira contra o Guaraní (PAR) na Copa Libertadores - Silvio Avila - Pool/Getty Images
Jogadores do Grêmio comemoram gol de Ferreira contra o Guaraní (PAR) na Copa Libertadores Imagem: Silvio Avila - Pool/Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

04/12/2020 15h50

Nessa semana, quatro times brasileiros definiram suas vagas para as quartas de final da Copa Libertadores 2020. Santos, Grêmio e Palmeiras conseguiram a classificação, enquanto o campeão Flamengo acabou eliminado. O Inter, que disputou o jogo de ida (e perdeu para o Boca), vai ainda definir seu futuro na próxima semana.

Com a classificação em cima do Guaraní-PAR, o Grêmio chegou às quartas de final pela 12ª vez desde 1989, quando o torneio passou a contar com essas fases de mata-matas (oitavas, quartas, semifinal e final). Em sua história na Libertadores, esse foi o 42º mata-mata disputado pelo Grêmio (um recorde entre os brasileiros), e a 28ª vitória/classificação (outro recorde entre os brasileiros).

Porém, em número do aproveitamento entre classificações e eliminações, o Grêmio não está entre os melhores, já que sofreu 14 eliminações, tendo assim 66,7% de aproveitamento, o 5º melhor entre os brasileiros em mata-matas. O Internacional, que já disputou 22 mata-matas (com 16 classificações e 6 eliminações), é o brasileiro com o melhor desempenho, com 72,7% de aproveitamento. Mesmo que caia diante do Boca, ainda manterá sua liderança.

Por outro lado, entre os times com mais participações, o Corinthians é o que tem o pior desempenho em mata-matas entre os brasileiros, com 9 classificações e 13 eliminações em 22 disputadas (40,9%).

Nas oitavas de final, o Santos é o brasileiro com o melhor desempenho, com 90% de aproveitamento (9 classificações e apenas 1 eliminação — para o Independiente-ARG, em 2018). Nas quartas de final, entre os brasileiros que jogaram pelo menos duas vezes nessa fase, os melhores desempenhos são do São Paulo (8 classificações e 2 eliminações) e do Inter (4 classificações e 1 eliminação) - 80% cada, seguido pelo Grêmio com 72,7% (8 classificações e 3 eliminações).

Veja abaixo o desempenho dos clubes brasileiros em mata-matas da Libertadores (1960-2020):

Veja o desempenho dos brasileiros nas oitavas de final da Libertadores (1960-2020):

Veja o desempenho dos brasileiros nas quartas de final da Libertadores (1960-2020):

Veja o desempenho dos brasileiros na semifinal da Libertadores (1960-2020):

Veja o desempenho dos brasileiros em finais de Libertadores (1960-2020):

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)