PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG massacra Corinthians nas finalizações e vira o jogo com méritos

Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

12/08/2020 21h13

Apesar de abrir uma boa vantagem de dois gols no primeiro tempo, o Corinthians foi presa fácil para o Atlético-MG, que virou o jogo em 15 minutos na segunda etapa e venceu por 3 x 2 em jogo válido pela 2ª rodada do Brasileirão.

O time mineiro, do técnico Jorge Sampaoli, praticamente buscou o gol do início ao fim da partida e terminou o jogo com 25 finalizações contra apenas 6 da equipe paulista.

Nos chutes certos, foram 13 do Galo, que teve ainda um gol anulado do zagueiro Réver, e somente 5 do Corinthians. Como na final do Paulistão, quando deu somente um chute certo a gol contra o Palmeiras, o Corinthians voltou a ter enorme dificuldade para criar jogadas de ataques.

Falta muito ao Corinthians de Tiago Nunes para sonhar em brigar por uma boa posição no Brasileirão. Já o Galo mostra força em sua arrancada no Brasileirão com mais uma ótima vitória — bateu o Flamengo fora de casa na estreia.

Essa foi a quarta derrota na história do Corinthians por virada, depois de abrir dois gols de diferença, na história do Brasileirão:
29/11/1970 - Bahia 3 x 2 Corinthians
8/9/1971 - Corinthians 2 x 3 Coritiba
26/10/2003 - Corinthians 2 x 3 Athletico-PR
12/8/2020 - Atlético-MG 3 x 2 Corinthians

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.