PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

Primeira final entre Corinthians e Palmeiras tem apenas 5 chutes a gol

Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

06/08/2020 00h00

Decepcionante. Assim foi a primeira partida da final entre Corinthians e Palmeiras nesta quarta-feira (5), Itaquera, que terminou 0 x 0 com apenas cinco chutes a gol. No primeiro tempo, o time da casa chegou mais perto do gol, acertando quatro finalizações — e parou em uma delas numa linda defesa de Weverton. No segundo tempo, porém, o Corinthians não deu um chute. Já o Palmeiras, no jogo todo, exigiu somente uma defesa do goleiro Cássio, numa cobrança de falta sem tanto perigo de Bruno Henrique.

O empate e o placar magro até eram esperados pela bola que os dois times estão jogando nessa volta do Paulistão. Mas a falta de ambição das duas equipes, a quantidade de erros de passes (100 do Corinthians e 66 do Palmeiras) e o alto número de bolas rifadas fizeram com que a essa partida se tornasse uma das mais monótonas entre as decisões do Dérbi.

Pelo lado corintiano, alguns nomes deixaram a desejar na decisão, como Fágner no apoio, Éderson no passe e Luan (que fez apenas um bom lançamento para Ramiro). Mateus Vital, que chutou duas vezes no primeiro tempo e quase fez um, sumiu na segunda etapa. No Palmeiras, Luiz Adriano não conseguiu ganhar um duelo contra Gil e Danilo Avelar. Rony também errou muito pela direita, enquanto Zé Rafael e Ramires também pouco apareceram.

Luxemburgo, com substituições no intervalo (Willian e Bruno Henrique nos lugares de Ramires), fez com que o time voltasse melhor. Mas ainda assim não conseguiu dar intensidade à equipe. Tiago Nunes demorou para mexer (até porque tem poucas opções), e trocou mal, tirando Éderson e Luan, que poderiam numa jogada individual decidir, como nos últimos jogos. Faltou ousadia para colocar o time mais à frente.

Fica agora tudo para o segundo jogo, sem favoritos.

Ficha técnica
5/8 - Arena Corinthians (São Paulo)
Corinthians 0 x 0 Palmeiras

Arbitro: Raphael Claus; Cartões amarelos: Mateus Vital, Jô e Danilo Avelar (Corinthians); Rony (Palmeiras)
CORINTHIANS: Cássio (6), Fágner (5), Gil (5,5), Danilo Avelar (5) e Carlos Augusto (6); Gabriel (5,5), Éderson (5,5) (Cantillo 27 do 2º (5,5)), Ramiro (5,5), Mateus Vital (6) (Léo Natel 39 do 2º (s/n)) e Luan (6) (Araos 27 do 2º (5)); Jô (5,5). Técnico: Tiago Nunes
PALMEIRAS: Weverton (6,5), Marcos Rocha (5), Luan (5,5), Gustavo Gómez (5,5) e Viña (5); Patrick de Paula (6), Gabriel Menino (6) (Raphael Veiga 33 do 2º (5)) e Ramires (5) (Bruno Henrique, intervalo (6)); Zé Rafael (5,5) (Gustavo Scarpa 33 do 2º (5)), Rony (5) (Angulo 39 do 2º (s/n) e Luiz Adriano (4,5) (Willian, intervalo (5,5)). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.