PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Com partidas só no 2º semestre, Globo já fatura quase R$ 400 mi com seleção

Lucas Paquetá tenta jogada durante Brasil x Venezuela nas Eliminatórias para a Copa - Andre Penner-Getty Images
Lucas Paquetá tenta jogada durante Brasil x Venezuela nas Eliminatórias para a Copa Imagem: Andre Penner-Getty Images
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

12/04/2021 04h00

Com jogos marcados apenas no segundo semestre deste ano, as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 já garantiram um alto valor para a Globo no mercado publicitário. Quatro cotas de patrocínio principais já foram vendidas pelo valor de R$ 92,9 milhões. A Globo ainda tenta vender mais duas. Além disso, busca novos anunciantes para ajudar a pagar a conta de jogos do Brasil fora do país, duelos que ainda não foram comprados.

A coluna apurou que quatro empresas compraram cotas para o "Pacote Eliminatórias", vendido a parte para os anunciantes em relação ao futebol nacional nas TVs aberta e paga. Três marcas já são parceiras de transmissões de clubes: Casas Bahia, Vivo e Itaú. A outra cota foi comercializada com o site de apostas Betfair.net, patrocinador oficial da seleção brasileira.

Foi a primeira vez que uma empresa de apostas pagou para anunciar na Globo. Com essas quatro cotas vendidas, a emissora carioca já conseguiu angariar R$ 371,6 milhões com parceiros. Mas outras duas cotas ainda estão no mercado, o que pode elevar o faturamento para R$ 557 milhões.

Mesmo com o valor alto obtido, vale ressaltar que os jogos do Brasil fora de casa são adquiridos em dólar. Parte deste valor cobre custos de produção e é usado em outros planejamentos do Esporte da Globo. Isso ajuda a explicar porque a emissora foi ao mercado publicitário em busca de novos parceiros para partidas da seleção brasileira.

No início do mês, a coluna revelou que a Globo lançou um pacote adicional chamado "Futebol: Paixão de Norte a Sul". Dentro dele existe o módulo "Paixão Verde e Amarela" cujo objetivo é achar empresas que normalmente não anunciam no futebol para se juntarem à Globo em jogos da seleção.

A emissora promete exibir 14 partidas do Brasil. A reportagem apurou que a ideia é exibir sete jogos do Brasil em casa e sete fora na competição. A Copa América desse ano, vale lembrar, não foi comprada pela Globo. A previsão de entrega comercial vai até março de 2022, quando terminam as Eliminatórias da Copa do Catar, que será realizada no fim do ano.

As duas cotas vendidas para a Grande São Paulo são oferecidas por R$ 4,2 milhões no total. O pacote está disponível em 13 regiões metropolitanas, o que fará o valor arrecadado aumentar bastante. Na semana passada, a Globo admitiu que negocia a compra dos jogos da seleção fora de casa, mas diz que ainda não chegou em acordo.

"A Globo tem, até o momento, sete jogos da seleção brasileira pelas Eliminatórias disputados em casa e o clássico contra a Argentina em Buenos Aires. Estamos em negociação para as demais partidas, mas ainda não chegamos a um acordo. De toda forma, temos a convicção de que vamos atender aos nossos compromissos da melhor forma possível para nossos parceiros comerciais", afirmou a emissora.