PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Globo cria pacote publicitário para atrair novas empresas para o futebol

Jogadores do Flamengo celebram a conquista do título do Campeonato Brasileiro 2020: Globo cria novo pacote publicitário para atrair mais marcas - Marcello Zambrana/AGIF
Jogadores do Flamengo celebram a conquista do título do Campeonato Brasileiro 2020: Globo cria novo pacote publicitário para atrair mais marcas Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

01/04/2021 04h00

A Globo colocou no mercado publicitário um pacote adicional de suas transmissões do futebol com o objetivo de atrair novas marcas para as transmissões do futebol nacional e em partidas da seleção brasileira. Além disso, esse novo pacote abre espaço para empresas locais que, na teoria, não podem competir com as gigantes nacionais que normalmente anunciam no esporte da emissora.

A nova proposta comercial é chamada "Futebol: Paixão de Norte a Sul" e está disponível em 13 regiões metropolitanas do Brasil. Neste pacote publicitário, os cotistas principais do futebol na Globo 2021 (Itaú, Casas Bahia, Itaipava, Hypera Pharma, Vivo e Chevrolet) não podem adquirir módulos do futebol nacional —evidenciando o plano de atrair novos parceiros para o futebol. Somente este ano, com as marcas principais, a Globo faturou R$ 1,8 bilhão. É o pacote publicitário mais valorizado da TV brasileira.

A expectativa com esse plano adicional é faturar ao menos R$ 19,8 milhões em São Paulo, o maior mercado de televisão do Brasil. A coluna teve acesso ao documento que circula no mercado publicitário. Nele, são apresentados três módulos de investimento: "Paixão Verde e Amarela", "Paixão de Torcedor" e "Paixão Torcedor de Carteirinha". Ao todo, são duas cotas disponíveis para cada módulo.

No "Paixão Verde Amarela", a Globo promete presença de seu parceiro em um break exclusivo de 30 segundos durante o "Show do Intervalo" das partidas da seleção brasileira. A emissora promete exibir 14 partidas do Brasil, entre jogos das Eliminatórias da Copa e outros da seleção —amistosos ou outros torneios (os direitos da Copa América, por exemplo, ainda não foram comprados). A previsão de entrega vai até março de 2022. As duas cotas, para SP, são oferecidas por R$ 4,2 milhões no total.

O "Paixão de Torcedor" oferece um break de uma campanha comercial com o mesmo nome do módulo. A marca assina a campanha e o mote usado pela Globo será "os jeitos diferentes de assistir futebol" e as peculiaridades de como o público assiste as partidas. Estão previstas exposições de 30 segundos durante o "Show do Intervalo" de campeonatos estaduais, do Brasileirão e da Copa do Brasil.

Essa entrega ainda contempla exposição da marca em outros programas da Globo, como "Hora Um da Notícia", "Caldeirão do Huck", "Temperatura Máxima" e "É de Casa". Esse módulo é anunciado por R$ 13 milhões apenas em São Paulo.

O "Paixão de Torcedor de Carteirinha" prevê a exposição da marca em quadros especiais do "Globo Esporte" em todo o Brasil. Esses segmentos preveem a participação de comentaristas da emissora e influenciadores de clubes de futebol. Um dos quadros prometidos é o "Personal Commentator": uma vez por mês, torcedores recebem em casa um comentarista da Globo para assistir a um jogo do Campeonato Brasileiro.

Outro quadro é o "Influenciadores", em que um influencer de cada time dá sua visão mais clubista sobre partidas do Brasileirão. Os dois quadros terão nove episódios e estão previstos para nove capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Brasília, Salvador, Porto Alegre, Curitiba e Manaus. Para este módulo, a Globo pede R$ 2,6 milhões.