Topo

Virada da Virada reúne 80 organizações para reforçar ações de voluntariado

Turma do Bem fará triagem para tratamento odontológico de crianças  - Divulgação/Turma do Bem
Turma do Bem fará triagem para tratamento odontológico de crianças Imagem: Divulgação/Turma do Bem

Bárbara Forte

De Ecoa

21/11/2019 15h38

As ONGs Turma do Bem e GRAACC promovem, nos dias 23 e 24 de novembro, a Virada da Virada, em São Paulo. O evento tem o objetivo de discutir temas e causas sensíveis na atualidade, arrecadar recursos para as instituições e reforçar a importância do trabalho voluntário.

"O voluntariado é uma das relações de trabalho mais bonitas que existem porque as pessoas dedicam seu tempo para promover os direitos dos humanos", afirma Fábio Bibancos, presidente e fundador da Turma do Bem.

Com uma proposta sustentável, o festival acontece na Fundação Bienal de São Paulo, no Parque Ibirapuera, local onde são realizadas várias medidas para diminuir o impacto gerado. A programação é formada por palestras, ações culturais, exposições de mais de 80 ONGs de todo o Brasil, comidas feitas por imigrantes e refugiados, entre outras atividades.

Durante o evento, a ONG criada pelo dentista Fábio Bibancos realizará uma triagem para selecionar crianças e jovens de baixa renda, estudantes de escola pública, com idades entre 11 e 17 anos, para receber tratamento odontológico gratuito. Os pacientes são definidos por grau de necessidade. Para participar, é necessário fazer uma pré-inscrição pelo site antes de comparecer à triagem.

Fábio Bibancos é presidente da ONG Turma do Bem, uma das organizadoras do evento - Reinaldo Canato /Arquivo Folhapress
Fábio Bibancos é presidente da ONG Turma do Bem, uma das organizadoras do evento
Imagem: Reinaldo Canato /Arquivo Folhapress
Os espaços de refeições, triagem, cinema e exibição das ONGs são gratuitos. Já a área de palestras é paga. Os ingressos custam R$ 500 e dão direito a um show de Fábio Junior, realizado na noite de 25 de novembro, no Unimed Hall, juntamente com a cerimônia de reconhecimento de voluntários da Turma do Bem. Toda a renda gerada com as vendas de ingressos será revertida para a manutenção dos atendimentos das duas instituições.

Mesmo quem não comprar ingresso terá uma variedade de opções para se engajar. Para Bibancos, a Virada é um convite para as pessoas que não sabem por onde começar a ajudar mas querem fazer algo. "Vemos muitas pessoas 'printando' suas telas e postando, ou mesmo subindo opiniões nas redes sociais, mas não vemos essa mesma ação modificando o mundo de fato", comenta.

PROGRAMAÇÃO DE PALESTRAS

A Virada da Virada trará quatro espaços simultâneos, todos intitulados com a letra "V". No "Verdade", direitos humanos e justiça estarão em foco. Haverá painéis sobre Diversidade e Inclusão com representantes da Rede Mulher Empreendedora, Transempregos e CKZ Diversidade, além de debates sobre inclusão, entre outros temas.

Para falar de inspiração e propósito, o espaço "Vontade" terá as presenças de Felipe Morozini (mobilidade urbana), Daniele da Mata (ativismo negro), Regina Nogueira (marketing pessoal) e o Instituto Socioambiental e Projeto Tamar (meio ambiente).

No espaço "Vida", acontecerão quatro painéis relacionados à saúde, bem-estar e equilíbrio, com os temas "Ciências, saúde e sociedade: o que todas essas palavras juntas significam?", "HIV / AIDS", "Apneia" e "Saúde e estética".

A ex-modelo e médica Ana Claudia Michels participará da Virada da Virada  - Manuela Scarpa/Photo Rio News
A ex-modelo e médica Ana Claudia Michels participará da Virada da Virada
Imagem: Manuela Scarpa/Photo Rio News
Para as pessoas ligadas às tendências de recursos humanos, o espaço "Vocação" trará debates sobre mudança de carreira, empreendedorismo social, longevidade e propósito com palestrantes como a ex-modelo e médica Ana Claudia Michels.

Uma palestra master, com grandes nomes, encerrará cada dia do evento. Entre os convidados, estão os jornalistas Alexandre Gimenez, do UOL, Bruno Torturra, Mariliz Pereira e Marcelo Godoy no painel "A liberdade de imprensa é uma realidade?". Já em "A história de uma apátrida", a ativista Maha Mamo contará como é viver sem pertencer a nenhum país.

No domingo (24), às 12h30, Ecoa fará um painel sobre a iniciativa de produzir jornalismo propositivo, com foco em soluções, e a importância de contar histórias de pessoas nos dias de hoje, com a editora Giuliana Bergamo.

Veja a programação completa no site.

ESPAÇOS GRATUITOS

Exposições

GRAACC terá exposição com histórias de crianças que passaram pelo tratamento no hospital  - Gustavo Scatena/Divulgação/GRAACC
GRAACC terá exposição com histórias de crianças que passaram pelo tratamento no hospital
Imagem: Gustavo Scatena/Divulgação/GRAACC
O participante da Virada da Virada poderá ver exposições que contam a história das duas organizações sociais. O GRAACC apresenta a luta de crianças e adolescentes que venceram o câncer por meio de ilustrações e textos. Em ambientes lúdicos, os visitantes conhecerão histórias de pequenos heróis. Já a Turma do Bem conta o programa Apolônias do Bem, que transforma a vida de mulheres vítimas de violência. Vinte participantes que perderam os dentes por causa de agressões foram retratadas por vinte fotógrafas, todas mulheres, antes e depois do tratamento odontológico.

Mostra de cinema

Curta Milú será exibido no evento, em São Paulo  - Divulgação
Curta Milú será exibido no evento, em São Paulo
Imagem: Divulgação
"Cinema Virada da Virada" traz uma série de filmes com temática de impacto social: ao todo serão oito filmes, com destaque para as estreias do curta Milú, de Raphael Erichsen e Tarso Araujo, que revela como Milú Villela, uma mulher da alta sociedade paulistana, se reinventou para criar redes em prol da educação, das artes e da filantropia; e o filme Selvagem, do diretor Diego Costa, que conta a história de Sofia, jovem estudante que tem a escola ocupada por amigos. A mostra tem entrada gratuita e curadoria feita pelo cineasta Raphael Erichsen. Além de assistir aos filmes, o público poderá conversar com diretores e atores.

Restaurante do Mundo

Culinária de vários países será apresentada no evento  - Cinthya Araujo/Divulgação
Culinária de vários países será apresentada no evento
Imagem: Cinthya Araujo/Divulgação
África, América Latina e Oriente Médio serão representados por suas comidas no Restaurante do Mundo e manifestações culturais típicas. Os países participantes são: África do Sul, Colômbia, Haiti, Índia, México, Peru, República Democrática do Congo e Síria. Ao todo, serão 14 chefes de nove localidades que vão preparar pratos típicos e cheios de personalidade e história, além de dez artistas que se revezarão para trazer um pouco da cultura local ao evento por meio de apresentações e intervenções que acontecerão durante o dia todo.

VIRADA DA VIRADA

O evento acontece nos dias 23 e 24 de novembro, das 9h às 20h, na Fundação Bienal, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. Os ingressos para assistir a palestras e shows custam R$ 500 e podem ser comprados no site sympla.com.br/viradadavirada. As demais áreas e atividades são abertas ao público e gratuitas.

Ecoa