PUBLICIDADE
Topo

Sedãs médios: consumo dos 5 modelos mais vendidos chega a 16 km/l na cidade

Único modelo híbrido entre os cinco sedãs médios líderes em emplacamentos, Corolla ultrapassa a média de 16 km/l com gasolina no ciclo urbano - Murilo Góes/UOL
Único modelo híbrido entre os cinco sedãs médios líderes em emplacamentos, Corolla ultrapassa a média de 16 km/l com gasolina no ciclo urbano
Imagem: Murilo Góes/UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 10h41

Apesar de os SUVs serem os queridinhos dos brasileiros, os sedãs médios mantêm clientes cativos em busca de estilo, boa dirigibilidade e porta-malas generoso.

Responsável por 5,5% dos emplacamentos de automóveis no País, a categoria evoluiu em termos de desempenho e economia de combustível - dos cinco modelos mais vendidos, um traz tecnologia híbrida flex e os demais oferecem pelo menos uma versão turbinada.

O líder Toyota Corolla é um exemplo: na versão Altis, trata-se do primeiro automóvel com produção em série do mundo a combinar propulsão híbrida com tecnologia flex.

Graças à ajuda do motor elétrico, acionado predominantemente em percursos urbanos, o sedã da marca japonesa é capaz de consumo médio de 16,3 km/l com gasolina na cidade - de acordo com o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Dentre os cinco sedãs médios mais vendidos, todos proporcionam gasto de combustível que não deve muito a hatches compactos mais modernos.

Como é feita a medição

Para informar os consumidores sobre o consumo de combustível e a emissão de poluentes em veículos leves vendidos no País, o Inmetro criou há alguns anos o PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular).

As informações são impressas em uma etiqueta aplicada no para-brisa e podem ser consultadas no site do Inmetro.

O PBE mede o consumo energético em MJ/km (megajoules por quilômetro) e também em km/l dos modelos comercializados aqui.

Ou seja, avalia o gasto necessário de energia para determinado automóvel se locomover.

A medição segue teste padronizado de consumo, em condições controladas, atribuindo nota que vai de "A", para os modelos mais eficientes, até "E", para os menos eficientes.

Abaixo, você confere os sedãs médios com menor consumo em nosso mercado, seguindo os critérios mencionados.

A lista considera a versão mais econômica em termos de gasto de combustível, de acordo com o instituto. Havendo mais de uma configuração com o mesmo consumo, apontamos a que tem menor preço sugerido.

1 - Toyota Corolla Altis Hybrid

Toyota Corolla Altis Hybrid 2020 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

Motor 1.8 16v flex híbrido e câmbio CVT
Preço: R$ 140.690

Nota A
Consumo energético - 1,38 MJ/km

Consumo cidade - 10,9 km/l (etanol)
Consumo estrada - 9,9 km/l (etanol)

Consumo cidade - 16,3 km/l (gasolina)
Consumo estrada - 14,5 km/l (gasolina)

2 - Honda Civic Touring

Honda Civic Touring - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

Motor 1.5 16v turbo a gasolina e câmbio CVT
Preço: R$ 142.200

Nota B
Consumo energético - 1,68 MJ/km

Consumo cidade - 11,8 km/l (gasolina)
Consumo estrada - 14,4 km/l (gasolina)

3 - Chevrolet Cruze LT

Chevrolet Cruze 2020 LT - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Motor 1.4 16v turbo flex, câmbio automático de 6 marchas
Preço: R$ 105.290

Nota B
Consumo energético - 1,75 MJ/km

Consumo cidade - 7,8 km/l (etanol)
Consumo estrada - 9,8 km/l (etanol)

Consumo cidade - 11,3 km/l (gasolina)
Consumo estrada - 14 km/l (gasolina)

4 - Volkswagen Jetta Comfortline 250 TSI

Volkswagen Jetta Comfortline 250 TSI 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Motor 1.4 16v turbo flex e câmbio automático de 6 marchas
Preço: R$ 129.770

Nota B
Consumo energético - 1,81 MJ/km

Consumo cidade - 7,4 km/l (etanol)
Consumo estrada - 9,6 km/l (etanol)

Consumo cidade - 10,9 km/l (gasolina)
Consumo estrada - 14 km/l (gasolina)

5 - Mercedes-Benz C180

Mercedes-Benz C180 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Motor 1.6 16v turbo flex e câmbio automático de 9 marchas
Preço: R$ 237.900

Nota C
Consumo energético - 1,84 MJ/km

Consumo cidade - 7,2 km/l (etanol)
Consumo estrada - 10,1 km/l (etanol)

Consumo cidade - 10,3 km/l (gasolina)
Consumo estrada - 14,6 km/l (gasolina)

Veja dicas para reduzir o consumo de combustível: