PUBLICIDADE
Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

BMW faz recall de 1.832 unidades do Série 3 por falha no airbag

Problema no Série 3 não tem relação com caso de "airbags mortais" - Divulgação
Problema no Série 3 não tem relação com caso de "airbags mortais"
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/01/2020 11h54

Resumo da notícia

  • Falha atinge carros produzidos até maio de 2000
  • Defeito envolve componentes da Takata, mas não tem relação com 'airbags mortais'
  • BMW aconselha usuários a interromper uso do veículo

A BMW anunciou um recall de 1.832 unidades de cinco modelos da Série 3 (323Ci, 323i, 328Ci, 328i e 330i). Todos os veículos foram fabricados entre maio de 1998 e maio de 2000.

Embora o problema envolva airbags da Takata, o defeito não possui relação com o caso dos "airbags mortais" que já causou mais de 20 mortes e motivou megarecalls por todo o mundo.

Confira a identificação dos chassis (não sequenciais) dos veículos envolvidos:

323Ci - chassis de WBABM3100XJH65596 até WBABM310XYJH68071
323i - chassis de WBAAM31001FM85034 até WBAAM310XYFM84712
328Ci - WBABM51060JK65943
328i - de WBAAM5100WEH68917 até WBAAM510XYJL95585
330i - WBAAV51021JT45038

A montadora alemã constatou a possibilidade de o airbag do motorista apresentar uma falha de vedação, "permitindo a absorção de umidade pelo gerador de gás e posterior ressecamento a longo prazo".

Desta forma, o propulsor do airbag pode ser descaracterizado de suas configurações originais e, em alguns casos, "ocasionar a quebra do gerador de gás devido ao aumento de pressão interna".

Isso pode levar a uma quebra do gerador de gás pelo aumento de pressão interna no momento do acionamento do airbag durante um acidente. Desta forma, fragmentos do sistema podem ser projetados para fora no momento de um acidente. Assim, há a possibilidade de danos físicos aos ocupantes ou a terceiros.

A empresa também não "descarta a possibilidade de projeção de fragmentos metálicos, que podem gerar acidentes fatais ou acidentes que resultem em danos físicos e/ou materiais aos ocupantes e terceiros".

A BMW aconselha interromper o uso do veículo imediatamente e procurar o Serviço de Atendimento ao Cliente (no telefone 0800 019 7097, de segunda a sexta das 9h às 18h) ou levar o veículo a uma concessionária.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Seu Automóvel