PUBLICIDADE
Topo

Roda presa


Gata sobrevive a viagem de 200 km em compartimento do motor de carro

Do UOL

Em São Paulo (SP)

06/01/2020 12h47

Um motorista desconhecido levou uma gata por cerca de 209 km dentro do compartimento do motor de seu carro. O animal foi descoberto pelo homem apenas no destino, quando seu miado foi ouvido.

De acordo com testemunhas, o motorista não socorreu e não foi muito amigável com a gata, mas pessoas que passavam pelo local onde a viagem foi encerrada a levaram para um centro de cuidados para animais. Ao que indica, o animal viajou da cidade de Birmingham até leste de Londres embaixo do capô.

Descoberto no dia do Natal, o bicho ainda não teve o dono encontrado e, por não ter microchip, sua localização deve ser ainda mais complicada.

"Apesar de toda a publicidade que essa gatinha teve - imprensa, televisão, rádio e centenas de pessoas vasculhando os locais de gatos desaparecidos - seu dono não foi encontrado", disse o centro de cuidados para animais Celia Hammond.

"Sempre soubemos que seria uma 'agulha em um palheiro', mas com tantas pessoas tentando fazê-la se reencontrar com seu dono, vale a pena tentar, embora ninguém tenha a menor ideia de onde ela veio em Birmingham. Muito obrigado a todos que tentaram rastrear seu dono e espalharam a notícia por toda parte. Nós agora temos de fazer o melhor para Tinsel [seu novo nome]. Vamos alojá-la após ela ser castrada, vacinada e receber um microchip."

"Espero que essa história também tenha convencido as pessoas que ainda não microchiparam seus gatos a fazerem isso. Se Tinsel tivesse microchip, poderíamos ter a identificado e contatado seu proprietário em questão de minutos. Obrigado novamente a todos por toda a sua ajuda."

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Roda presa