PUBLICIDADE
Topo

Benê Gomes

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

VW Nivus Comfortline entrega mais que T-Cross e ainda tem preço melhor

Conteúdo exclusivo para assinantes
Benê Gomes

Jornalista e produtor de TV, desde 2001 atua como profissional especializado no segmento automotivo. Assina o boletim diário Sexta Marcha, da Rádio Transcontinental FM de SP, dirige e apresenta o_ _Programa Momento Vox – BAND SP. É diretor da Onze Produções, produtora de vídeo e conteúdo digital, e é o idealizador do Programa Auto+, onde atuou por 15 anos

Colunista do UOL

11/07/2021 04h00

Em um mundo cada vez mais recheado de SUVs, o Volkswagen Nivus garantiu uma bem-vinda dose de inovação com sua proposta cupê, como a marca definiu na apresentação. Passado um ano do seu lançamento, segue com duas versões de acabamento, a Highline e a Comfortline.

Nesta avaliação, conferi a versão que é a porta de entrada para quem se empolga com a proposta dele, a Comfortline. Isso porque o desenho com influência de cupê, com o caimento do teto mais acentuado na traseira, é um dos maiores motivos do seu sucesso. Mas, ao mesmo tempo, é também o ponto que incomoda quem não curtiu a proposta.

E atrás, além do desenho do teto, há outros detalhes que reforçam o estilo diferenciado, como as lanternas horizontais interligadas pela régua larga e escura, o para-choque encorpado, tudo para garantir um visual de robustez. Para mim, um conjunto bem equilibrado e interessante, pois sai do padrão habitual desta categoria.

Ainda falando do desenho, o Nivus trouxe inovação também na dianteira, com a estreia da nova identidade visual dos modelos VW, onde o destaque é logo repaginado, além da grade inédita, luz diurna LED e o invocado conjunto de faróis full-LED.

Em questão de espaço interno - lembrando que ele tem o mesmo entre-eixos do Polo, com 2,56 m - tem conforto no banco traseiro, mas sem exageros. Deixa clara uma dose de cuidado para quem senta atrás, com a saída de ar-condicionado e até uma entrada USB, e atende bem a família com o porta-malas de 415 litros de capacidade.

Importante que não deixa de fora aqueles itens de segurança esperados para um modelo desse segmento, como seis airbags e controles eletrônicos de tração e estabilidade. Mas, na observação interna do Nivus, o que ainda toma bastante a nossa atenção é o VW Play, sistema multimídia da marca que utiliza uma tela de 10 polegadas de alta definição, com direito a proteção contra riscos e marcas de dedo.

Só tem um detalhe: na versão Comfortline não é item de série, assim como o painel de instrumentos digital configurável, o "Active Info Display". Para levar esse multimídia é preciso comprar o pacote opcional "play & tech", que agora custa R$ 4.130,00. O legal é que esse opcional carrega diferenciais de segurança bem importantes disponíveis na linha Nivus, como o controle de cruzeiro adaptativo com frenagem automática de emergência.

Aliás, ainda na observação do interior do Nivus, tem uma característica marcante. Mesmo com essa alta dose de tecnologia, tem acabamento mais simples, tudo bem feito, mas com plástico dominando todas as áreas. Os bancos da Comfortline são revestidos com tecido padrão malharia, os vidros das quatro portas têm comando elétrico e o volante traz ajuste de altura e profundidade.

Com isso, o Nivus entrega uma condição positiva a quem assume o volante e acelera o conhecido motor 1.0 turbo de 3 cilindros e 128 cavalos da VW, nele sempre acompanhado da transmissão automática de seis velocidades. Como tem bom torque de 20,4 kgfm disponível em rotações baixas do motor, o Nivus acaba sendo um carro esperto, bom de retomada.

É claro que se contasse com um motor um pouquinho mais forte - principalmente quando você está com o carro cheio - a situação seria ainda melhor, mas esse detalhe não tira o mérito dele. Na média, é bom de guiar, a suspensão é acertada e confortável na medida. E fazendo um paralelo com o T-Cross - SUV da marca que utiliza o mesmo conjunto - o Nivus leva vantagem em dirigibilidade com seu desenho mais aerodinâmico.

No fim, a versão Comfortline do Nivus merece a aposta para quem gosta do estilo e não pode ou não quer gastar mais com a Highline. E, se for pensar na comparação com um SUV compacto tradicional, vale mais uma vez comparar com o T-Cross. O 'irmão maior' é mais caro e ainda não conta com vários recursos já disponíveis no Nivus.

Está aí outro detalhe que certamente vem contribuindo para o sucesso desse SUV cupê. Não por acaso, a concorrência está correndo para lançar produto parecido e tentar fazer sucesso nessa praia também.

Preço VW Nivus Comfortline 200 TSi: R$ 100.050,00

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL