PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Fitness flow trabalha flexibilidade, força e reduz risco de lesão; conheça

Marina Ernandes/Divulgação
Imagem: Marina Ernandes/Divulgação

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

09/06/2021 04h00

Aos cinco anos de idade, Marina Ernandes, hoje com 33 e formada em educação física, já era bailarina. Seu amor pela dança a levou a seguir profissionalmente na área, até que, aos 15 anos, ela teve uma lesão na coluna e fraturou uma vértebra.

"Parecia um final, mas foi o início da carreira que tenho hoje", lembra.

Em busca da reabilitação do corpo, Marina fez fisioterapia por muitos anos, mas não acreditava que voltaria a ser atleta. "Tinha modalidades e exercícios que não conseguia mais fazer, mas insisti porque pensei: 'Existe mercado para isso'. Fui pesquisando e aprendendo novas técnicas —descobri, por exemplo, que fortalecer o core levava à diminuição das dores", conta.

Treinadora em uma academia, Marina percebeu que, assim como ela, muita gente tinha lesões. Aos poucos, foi mesclando os exercícios e modalidades que estudava, não só para equilibrar seu corpo, mas para formatar um método próprio de treino.

"De acordo com a diretriz da OMS (Organização Mundial da Saúde), o recomendado é praticar 300 minutos de atividade física mordera por semana —ou 150 minutos de forma intensa. Como tornar isso possível para alguém que está machucado? Esse era meu objetivo", lembra.

Assim surgiu o Fitness Flow, que alia técnicas de ioga, pilates e treino funcional com medicina chinesa e rolfing (método alternativo que tem como objetivo tonificar as fáscias, tecidos do corpo humano que conectam e dão suporte estrutural aos órgãos, ossos, músculos e articulações).

O Fitness Flow não foi criado só para trazer resultados estéticos. Emagrecer é uma consequência, mas no método existe uma maior preocupação com o bem-estar, recuperação e equilíbrio do corpo. Para cada aluno, há adaptações específicas no treino" Marina Ernandes

Pelo trabalho, a profissional de educação foi eleita a melhor personal trainer do Brasil em 2020 pela World Top Trainers —a única mulher a receber a premiação.

Como funciona o Fitness Flow

Os treinos são feitos só com o peso do corpo, sem a necessidade de usar acessórios, e têm duração de 20 minutos. "Quando você quer mudar a vida de alguém, a pessoa precisa criar o hábito de fazer aquilo. Não dá para forçar uma hora inteira de exercício", diz a treinadora, que oferece também opções de exercícios adaptados, para que qualquer aluno possa fazer.

A aula é divida em três blocos:

Aquecimento Conta com séries de saudação ao sol da ioga, posturas de alongamento e fortalecimento do tronco. "É quando alongo e mobilizo as principais cadeias de fáscias e articulações", aponta a professora.

Trabalho de core e membros inferiores Nesta etapa, os alunos fazem uma fusão de exercícios posturais, misturando pilates e musculação. "Fortalecer os músculos do core é especialmente importante para reduzir o risco de lesões, já que é ele que estabiliza a coluna."

Alta intensidade São exercícios feitos usando o método HIIT: na intensidade máxima que o aluno conseguir, com descansos breves entre as séries. Conforme explica a treinadora, além de proporcionar maior queima de gordura, a atividade intensa é boa para a saúde cardiovascular.

Por fim, além do tempo normal de treinamento, Marina promove um alongamento rápido.

Benefícios do Fitness Flow

  • Auxilia na flexibilidade
  • Melhora a postura
  • Ganho de força
  • Funciona como trabalho de base para condicionamento físico
  • Melhora a mobilidade

Exemplos de exercícios

- One leg touch down

Projete o tronco à frente, mantendo a coluna reta, e deixe uma perna fora do chão.

Desça e suba com a mesma perna oito vezes, tentando tocar a ponta dos dedos no chão.

A perna que fica fora do chão deve ficar dobrada, e a outra, com o joelho levemente flexionado.

- Dive forward

Fique de barriga para baixo e apoie as mãos ao lado do peito.

Levante o peito e o quadril do chão mantendo o olhar para a frente, os braços estendidos e o abdômen contraído. Volte para posição de recuperação sentando nos calcanhares.

Repita o movimento simulando um mergulho por seis vezes.

Cowboy

Deixe as mãos apoiadas no chão, embaixo da linha dos ombros, e os pés no solo, com o quadril acima da altura do tronco.

Em seguida, mova as pernas de um lado para o outro, tirando-as do chão e sustentando quadril na linha do tronco. A perna que vai ao chão deve ter o joelho levemente flexionado. Mantenha o olhar para o chão para evitar dores cervicais.

Faça 10 movimentos alternando as pernas e mantendo um ritmo constante.

Table kick up

Com as mãos ao lado do quadril, sustente o corpo fora do chão. Erga uma das pernas, levando os pés em direção ao teto. Volte, toque rapidamente os glúteos do solo e repita o movimento com a outra perna. Realize 10 movimentos com cada perna.

Como fazer? No site marinaernandes.com.br é possível adquirir o programa online do Fitness Flow, com 10 aulas em vídeo, além da consultoria individualizada com a personal trainer Marina Ernandes.

Movimento