PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Bochecho com bebida rosa faz pessoas correrem mais rápido e irem mais longe

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do VivaBem, em São Paulo

16/05/2021 11h26

Bochechar carboidrato para aumentar a performance esportiva não é lá uma novidade. Mas parece que a cor do líquido também tem um papel importante no desempenho. Um estudo publicado no periódico Frontiers in Nutrition na quarta-feira (12) mostrou que bebidas cor-de-rosa podem fazer pessoas correrem mais rápido e maiores distâncias.

Ao compararem o enxágue bucal de uma solução rosa não calórica adoçada artificialmente com outra transparente, os cientistas perceberam que a versão colorida melhorou a performance dos corredores em 4,4% (velocidade aumentou 0,5 km/h e eles percorreram uma distância 213 m maior). Um aumento na sensação de prazer também foi relatado durante o exercício com o bochecho com a bebida rosa.

Como o estudo foi feito

  • 10 pessoas saudáveis (seis homens e quatro mulheres) completaram dois ensaios experimentais. Cada estudo consistiu em uma corrida em esteira de 30 minutos a uma velocidade autosselecionada equivalente a 15 (forte / pesada) na escala de avaliação de esforço percebido;
  • Durante o exercício, os participantes fizeram bochecho com uma solução rosa ou com uma solução transparente. Ambas eram não calóricas e adoçadas artificialmente;
  • A velocidade e a distância percorrida foram maiores (4,4 a 5,1%) quando os participantes enxaguaram a boca com a solução rosa em comparação com a solução transparente;
  • Sentimentos de prazer também foram aumentados durante a corrida quando os participantes fizeram o bochecho com a solução rosa.

Por que a cor influenciou no resultado?

A explicação para esse impacto da cor é curiosa. No estudo, como um adoçante artificial não calórico (sucralose) foi adicionado a ambas as soluções de enxágue bucal, um estímulo de carboidrato não estava presente. Os pesquisadores, portanto, dizem ser plausível sugerir que o efeito de "sensação de bem-estar" e o benefício no desempenho podem ter sido sustentados por um efeito placebo. A cor rosa é frequentemente associada com doçura e, portanto, os participantes podem ter tido expectativas de açúcar e/ou ingestão de carboidratos.

Movimento