Topo

Dieta


Dieta

Não existe alimento com caloria negativa, até alface faz diferença no corpo

Alimentos como o alface podem ser leves, ricos em fibras e com poucas calorias, mas mesmo assim não gastamos mais calorias para digeri-los do que eles têm - iStock
Alimentos como o alface podem ser leves, ricos em fibras e com poucas calorias, mas mesmo assim não gastamos mais calorias para digeri-los do que eles têm Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

15/04/2019 18h25

Resumo da notícia

  • Não há mágica: falar que alguns alimentos têm calorias negativas e ajudam a emagrecer é lenda
  • Toda comida faz você reter alguma caloria, mesmo que seja uma quantidade baixa se comparada a alimentos pesados

Ia ser um sonho incluir no cardápio alimentos que requerem mais calorias para digerir do que realmente contêm. Mas não se iluda, um estudo mostrou que comidas com "calorias negativas" são uma fantasia.

Quem vive fazendo dieta já deve ter ouvido falar dessa lenda, uma vez que muitos blogs e fóruns on-line compartilham a ideia de que alface, aipo, pepino, maçã, melancia, mirtilo e brócolis são alimentos tão leves, ricos em fibras e com poucas calorias que a energia do corpo para processá-los é maior do que as calorias de cada pedaço.

Ou seja, você não ganharia nenhum grama com o alimento e ele ainda ajudaria a emagrecer, já que você gasta calorias para digeri-lo.

A nova pesquisa, feita pela Universidade do Alabama (EUA), testou a teoria em lagartos e provou que até o aipo fornece mais energia do que a despendida na digestão. Em média, os lagartos retinham quase 25% das calorias, enquanto o restante era usado na digestão ou excretado.

Os dados gerais cravaram que os animais usam, em média, 33% das calorias da refeição para digestão e 43% são excretados, o que aponta que os animais retinham cerca de 24% da energia da refeição.

Embora os estudos tenham sido feitos em animais, os pesquisadores afirmam que as respostas em humanos são semelhantes, o alimento sempre proporciona um "lucro" em termos de caloria.

Mesmo com estimativas conservadoras, os cientistas calcularam que pessoas reteriam cerca de 19% a 50% das calorias desses alimentos.

Mas não é porque eles não têm calorias negativas que você tem que removê-los do cardápio, as comidas como alface e pepino seguem sendo boas escolhas por terem poucas calorias e outros nutrientes importantes à saúde.

Quais alimentos comer para se manter hidratado?

VivaBem

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube