PUBLICIDADE

Topo

Tudo sobre AVC

Sintomas e tratamentos da doença


Dieta mediterrânea diminui risco de AVC em mulheres

iStock
Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

20/09/2018 13h23

Não é de hoje que sabemos que a dieta mediterrânea tem muitos benefícios à saúde. Agora, cientistas das Universidades de East Anglia, Aberdeen e Cambridge (Inglaterra) descobriram que ela reduz risco de acidente vascular cerebral em mulheres com mais de 40 anos. A constatação publicada na revista Stroke, da American Heart Association.

Leia também:

Para iniciar o estudo, os cientistas recrutaram 23.232 adultos, com idade entre 40 e 77 anos, e os analisaram por um período de 17 anos. Todos seguiram uma alimentação rica em peixes, frutas e nozes, vegetais, cereais e batatas e menor consumo de carne e produtos lácteos.

Os pesquisadores examinaram as dietas dos participantes e compararam o risco de derrame entre os quatro grupos classificados do mais alto ao mais baixo, pela forma como eles aderiram a uma dieta estilo mediterrânea.

Ao analisar os resultados de quem consumia a dieta, o risco de AVC foi reduzido 22% em mulheres, enquanto nos homens foi somente de 6%.

"Nossas descobertas fornecem aos médicos e ao público informações sobre o benefício potencial de comer uma dieta mediterrânea para a prevenção do acidente vascular cerebral, independentemente do risco cardiovascular", disse Phyo Myint, um dos autores do estudo.

Embora a pesquisa apresente resultados satisfatórios em relação ao derrame e este tipo de dieta, os autores reforçam que mais estudos precisam ser feitos para melhorar a prevenção da doença. 

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS

Facebook • Instagram • YouTube.