PUBLICIDADE

Topo

'This is Us' chega ao fim: 5 motivos pelos quais amamos Beth Pearson

A atriz Susan Kelechi Watson no papel de Beth Pearson - Reprodução @nbcthisisus
A atriz Susan Kelechi Watson no papel de Beth Pearson Imagem: Reprodução @nbcthisisus

Juliana Dantas

Colaboração para Universa, de São Paulo

25/05/2022 19h44

Atenção: o conteúdo a seguir contém spoilers

Na semana de despedida de "This is Us", o público fez questão de declarar seu amor a Beth Pearson, personagem interpretada por Susan Kelechi Watson na vida adulta, tanto que o nome dela virou trending topics no Twitter.

Casada com Randall Pearson (Sterling K. Brown) e mãe de Annie (Faithe Herman), Tess (Eris Baker) e Deja (Lyric Ross), ela é muito mais do que uma chefe de família (o que inclusive já seria bastante). É uma mulher inspiradora em tudo o que se propõe a fazer. Mesmo quando as coisas falham. Mesmo quando é necessário recomeçar.

É comum encontrá-la pensativa, apoiada na bancada da cozinha, com uma taça de vinho nas mãos. Beth, a garota que aprendeu a dançar antes mesmo de aprender a andar, é a nossa eterna bailarina. Capaz de se equilibrar conforme a música, com firmeza e graciosidade. E que também sabe que a melhor vingança contra a queda é se levantar.


1. O sarcasmo e a sagacidade
É uma mulher à frente de seu tempo. Beth Pearson pega as coisas no ar e, enquanto as outras personagens estão indo com a farinha, ela já está de volta com o bolo pronto. De três andares, recheado e com cobertura. Mesmo nas situações mais densas, as interações dela vão trazer alguma leveza, um sorriso ou mesmo uma gargalhada. E quando Beth Pearson está feliz, a gente está feliz também.

2. Perfeitamente imperfeita
Na maioria das vezes, Beth exala confiança. Mas não uma confiança vã: ela se questiona, reflete, se permite errar e sabe se corrigir. Quando a situação exige, pode vir a ser rígida com os outros; mas sempre mais rígida consigo mesma. No fim das contas, consegue encontrar caminhos alternativos para questões que poderiam parecer insolúveis.

Mas, por mais que a gente possa achá-la perfeita, ela mesma deixa claro, ao longo da série, que não acredita em perfeição. Uma das falas mais contundentes nesse sentido aparece no episódio "Reunião de família", o 16º da 6ª temporada -e antepenúltimo de toda a produção.

É o dia em que os três irmãos estão buscando se entender sobre os cuidados de fim de vida de Rebecca (Mandy Moore). Ela e os atuais cônjuges de Kevin (Justin Hartley) e Kate (Chrissy Metz) estão reunidos, no aguardo das decisões. O sarcasmo característico parece ocupar todo o ambiente, como forma (um pouco torta, é verdade) de tentar amenizar toda a tensão envolvida. No fim das contas, Beth confessa: "Às vezes eu penso que estar nessa família foi a minha maior benção e o maior peso da minha vida."

3. A relação dela com a Rebecca
Aparentemente, Beth é uma das pessoas mais maduras com quem Rebecca pode trocar figurinhas ao longo da série -mesmo quando ainda era adolescente; à época, namorada de Randall. Durante o adoecimento da mãe da Família Pearson, Beth é a única que não trata Rebecca como café com leite. No 5ª temporada, ela busca conselhos profissionais da sogra, que só tem palavras de incentivo: "Vá lá e faça o que você sempre faz: nos impressione!".

Rebecca notava que o restante da família evitava levar a ela problemas reais, sob a falsa sensação de que isso poderia aborrecê-la. Mas era o contrário. Mais tarde, no mesmo episódio, ela diz à Beth: "Isso fez eu me sentir normal, não como uma paciente com quem precisam pisar em ovos" (...) "Hoje você fez com que eu me sentisse eu mesma de novo."

Já na reta final da série, a despedida ao pé da cama algumas horas antes da morte de Rebecca é uma das cenas mais tocantes. É uma passagem de bastão, de matriarca para matriarca. Beth fala, de mãe para mãe, que na maior parte das vezes, ao longo da criação dos filhos, as mães não sabem exatamente o que fazer - e, então, fingem que sabem. "Só quero dizer que em todos esses anos, muitas das vezes em que estava fingindo, eu estava te imitando o melhor que eu podia, Rebecca." E arremata, em lágrimas: "Eu cuido deles daqui pra frente, mama."


4. Uma mulher inspiradora
Quem tem Beth Pearson, tem tudo. Trata-se de uma fortaleza capaz de passar segurança para a mais insegura das criaturas. Uma das passagens mais fortes nesse sentido é a de quando ela apostou em uma bailarina inexperiente, porém aguerrida, para solista numa apresentação. A dançarina errou, caiu, foi levantada por Beth e começou de novo, sendo aplaudida por todos.

Nessa trama, Beth se refaz com os traumas do próprio passado. Na adolescência, foi dispensada dos palcos pelo seu técnico assim que começou a atravessar o luto pela partida do pai. Na vida adulta, não permitiu que os percalços da vida atrapalhassem os talentos que chegavam em suas mãos.

Naturalmente, assim foi com a família dela também. Randall, Annie, Tess e Deja são incríveis por si só, mas também porque têm uma Beth Pearson para chamar de sua.

5. Por último, mas não menos importante: a beleza, o estilo e a elegância
Não há um único penteado sequer que não caia bem nessa mulher. As roupas todas devem comemorar quando são escaladas para o figurino de Beth Pearson. Há ali uma elegância que não se treina e nem se compra; simplesmente existe.


No Twitter, uma série de posts deixam clara a falta que Beth vai fazer para todos os fãs de "This is Us":