PUBLICIDADE

Topo

Universa

Lábios secos e rachados: como cuidar da pele da boca em tempos de máscara

Pele da região é fina e perde hidratação com facilidade  - Reprodução/Instagram @chanellemademoiselle
Pele da região é fina e perde hidratação com facilidade Imagem: Reprodução/Instagram @chanellemademoiselle

Isabella Marinelli

De Universa

30/05/2021 04h00

As várias horas com o rosto coberto pela máscara impactam a pele do maxilar e das bochechas, mas também dos lábios. Para além da mascne, acne pelo uso dos acessórios de proteção, a boca também pode ser acometida por sensibilidade, desidratação e descamação.

"O abafamento pelo uso dos EPIs pode aumentar o ressecamento da região. Some ainda o fato de que, quando a boca está coberta, intuitivamente, as pessoas tendem a passar a língua na região e a saliva, que é mais ácida, agride o local", explica a dermatologista Carolina Milanez, de São Paulo.

Por que a região merece atenção extra?

"A pele da boca é o que chamamos de semi-mucosa; uma área de transição entre a parte mais úmida e a pele do rosto propriamente dita", explica a especialista.

Por isso, não apresenta pelos, nem glândulas sudoríparas, logo, além de exposta às mudanças climáticas, vento e sol, pode sofrer naturalmente com a desidratação. "Além disso, o consumo de bebidas quentes, como chás e chimarrão, além do cigarro, também machucam a pele local", afirma Carolina.

De tão sensível, sofre os efeitos da oclusão causada pelo uso prolongado das máscaras de proteção. Não à toa, crescem os relatos de rachaduras na região nos consultórios dermatológicos.

Skincare para os lábios? Sim, ele existe e só ganha força

A família de produtos labiais só cresce. Se antes, bastava um bastão de manteiga de cacau, hoje a pele da região pode receber um tratamento bem mais completo — e dividido em várias etapas, assim como o skincare.

Para Carolina, o primeiro passo é a ingestão de água. "A hidratação de dentro para fora é uma grande aliada dos cuidados", argumenta. Se já está em dia com os litros recomendados, pode partir para a etapa de cosméticos.

"O que considero essencial é a hidratação profunda e a proteção solar", diz a especialista. Quem quer praticidade pode, inclusive, optar por produtos que unam os dois benefícios. Hidratantes labiais com ácido hialurônico e óleos vegetais são boas pedidas, pois amaciam e retêm água. Os bálsamos também são interessantes: mais espessos, formam um filme protetor que demora mais a sair.

Se sofre com a descamação, tente não cair na tentação de puxar as peles que se soltam, pois podem causar ferimentos. "Para lábios extremamente ressecados, podemos recorrer até à aplicação injetável de ácido hialurônico", conta a dermatologista. Em casa, vale testar os esfoliantes específicos de uma a duas vezes por semana. Espalhe em movimentos circulares, remova o produto com água corrente e finalize com um balm.

Caso esteja animada em descobrir o universo do lipcare, vale mergulhar fundo nas novidades específicas para a região — de séruns às máscaras noturnas e de reparação profunda.

Universa