PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Irmão de repórter da Globo é agredido por 7 homens e denuncia homofobia

Guilherme Azevedo teve ferimentos nos ombros, nos dedos e no rosto - Reprodução/Instagram
Guilherme Azevedo teve ferimentos nos ombros, nos dedos e no rosto Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

18/09/2020 13h44Atualizada em 24/09/2020 21h04

O jornalista da Rede Globo André Azevedo usou suas redes sociais na quinta para contar que seu irmão, o músico Guilherme Azevedo, foi agredido com paus e pedras por sete homens em São Fidélis, no Rio de Janeiro. A agressão, segundo André, foi motivada por homofobia.

Ele teve o ombro, cotovelo e alguns dentes quebrados, além de escoriações e seis pontos na cabeça. No seu próprio perfil, Guilherme postou um vídeo, ainda ensanguentado, contando que tinha acabado de sair do hospital. "Faço questão de exibir este momento. Com dedo quebrado, todo machucado, todo cortado", disse ele na gravação.

Já voltei do hospital

Uma publicação compartilhada por Guiaz ?? (@oetdopop) em

O repórter da Globo cobrou justiça para o irmão e chamou a atenção para os casos de homofobia no Brasil. Eles não deixaram claro se registraram boletim de ocorrência pelo crime.

"Eu tenho orgulho do meu irmão ser quem ele é e pela coragem que tem. E não vamos parar até que esses vermes sejam punidos. Por todos os Guilhermes que sofrem diariamente no nosso país, não vamos nos calar. Homofobia é crime e os homofóbicos não passarão impunes", escreveu André.

Horas depois do primeiro post, Guilherme publicou um vídeo afirmando que estava bem. Ele também compartilhou outras imagens com seus ferimentos no corpo, com a legenda "7 contra 1", em referência ao número de agressores que lhe agrediram.

7 contra 1

Uma publicação compartilhada por Guiaz ?? (@oetdopop) em

Músico e compositor, Guilherme está na produção de um novo álbum chamado "Criptominésia", de acordo com a sua descrição.

Hoje, pelos stories, ele agradeceu o apoio que recebeu de colegas e amigos. "Estou até emocionado de tanto carinho que estou recebendo. Aproveitem e escutem minha música, por favor", disse.

Diversidade