PUBLICIDADE

Topo

Ben Platt conta reação dos pais ao se assumir: 'Não precisa ser um evento'

16.05.2020 - Ben Platt canta no especial virtual Graduate Together - Getty Images for EIF & XQ
16.05.2020 - Ben Platt canta no especial virtual Graduate Together Imagem: Getty Images for EIF & XQ

De Universa, em São Paulo

10/07/2020 13h20

O cantor e ator Ben Platt, conhecido pela série "The Politician" e pelo filme "A Escolha Perfeita", contou a história do momento em que se assumiu gay para os pais, durante uma viagem da escola na oitava série. O relato aconteceu no especial "Ben Platt Ao Vivo em NY", disponível na Netflix.

"Eu estava em uma viagem a Israel — é o que garotos judeus fazem quando estão na oitava série — e um menino da minha sala disse algo do tipo: 'Ben é tão sortudo, ele é gay, então as garotas deixam ele sair com elas e ficar no mesmo quarto do hotel'", contou.

Ben esclareceu que este "não era um comentário maldoso", e sim a constatação de um fato, já que todas as suas amigas na escola eram mesmo do sexo feminino. No entanto, um professor entreouviu a conversa e ficou preocupado que Ben pudesse sofrer bullying.

Visto que o professor estava determinado a falar com os pais do garoto sobre isso, ele mesmo decidiu ligar para casa antes e "adiantar" a conversa. "Eu voltei ao hotel e liguei, dizendo: 'Preciso falar uma coisa para vocês'. E minha mãe respondeu: 'Isso é sobre sua sexualidade?'", contou.

"Eu fiquei meio: 'Ei, me deixe terminar!'. O que ela disse no fim foi: 'Nós sabemos. Você passou boa parte da sua infância vestido como a Dorothy de 'O Mágico de Oz'. Nenhum de nós está surpreso'. E eu só disse: 'Ah, ótimo então'".

Ben disse que gostaria que mais crianças LGBTQ+ tivessem experiências tão "casuais" quanto a dele: "Eu desejo que todo mundo viva algo parecido. Desejo que seja tão indiferente assim. Não precisa ser um grande evento, um grande anúncio".

Diversidade