PUBLICIDADE

Topo

Modelo trans brasileira Valentina Sampaio fala de 'caminho árduo' na moda

De Universa, em São Paulo

25/06/2020 14h59

A modelo brasileira Valentina Sampaio foi a primeira pessoa transgênero estampada na capa da "Vogue Paris", e também a primeira trans a participar do casting da Victoria's Secret — mas conquistar tudo isso foi difícil.

"Desde o início, não foi fácil e nem motivador, porque dei de cara com o preconceito, mas não desisti. Vi que era uma forma de lutar por mim e por outras pessoas que, assim como eu, sofrem preconceito por serem quem são", disse ela, à Capricho.

"O caminho é árduo, mas sou persistente e tenho motivos para lutar. Hoje, sofrer preconceito ainda é um preço alto que se paga por ser quem você é, por não se encaixar nos padrões que lhe são impostos", refletiu ainda.

Evolução

Valentina, no entanto, vê algumas melhorias acontecendo no mercado. "As empresas vêm aprendendo muito sobre a importância de abraçarem as diferenças e respeitarem a diversidade. É um processo de evolução", disse.

"Não precisamos mais viver escondidas. Estamos na capa das revistas e agora na Victoria's Secret. Só tenho a comemorar por esse momento, é uma nova conquista", celebrou.

"Procuro estar sempre focada para dar o meu melhor em todos os trabalhos. Fico muito grata por cada oportunidade, por cada um que me vê como ser humano, que me valoriza pela profissional que sou e que apoia a diversidade", completou.

Diversidade