PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Beyoncé apoia Black Lives Matter e fala de indústria sexista em vídeo

Beyoncé, em vídeo divulgado pelo Youtube para formandos de 2020 - Reprodução/Twitter
Beyoncé, em vídeo divulgado pelo Youtube para formandos de 2020 Imagem: Reprodução/Twitter

De Universa

07/06/2020 18h51

Beyoncé fez um discurso poderoso em apoio ao movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) e sobre o fato de a indústria do entretenimento ser sexista, destinado à geração que está se formando no colégio neste ano. O "Dear Class of 2020", uma cerimônia virtual, promove falas inspiradoras de líderes e artistas para os jovens.

Em seu texto, Beyoncé felicitou os formandos por terem chegado a essa etapa da vida "no meio de uma crise global, uma pandemia racial e da expressão mundial de indignação pelo assassinato sem sentido de mais um ser humano negro desarmado", em referência ao caso de George Floyd. Exaltou a presença das vozes dos jovens nos protestos que acontecem nos Estados Unidos.

"Obrigado por usar sua voz coletiva e deixar que o mundo saiba que a vida negra importa. Os assassinatos de George Floyd, Ahmaud Arbery, Breonna Taylor e muitos outros nos deixaram quebrados. Deixou o país inteiro em busca de respostas. Vimos que nossos corações coletivos, quando colocados em ação positiva, poderiam iniciar as rodas da mudança. Mudanças reais começaram com você, essa nova geração de graduados do ensino médio e superior que comemoramos hoje", disse.

Papel na indústria, como mulher negra

No discurso, Beyoncé afirmou que a indústria do entretenimento é muito sexista — o que se reflete na falta de mulheres em lugares de decisões de poder. Para alcançar seu espaço nestas mesas, diz a cantora, ela mesma teve que construí-la.

"O negócio do entretenimento ainda é muito sexista. Ainda é muito dominado por homens e, como mulher, não vi modelos femininos suficientes com a oportunidade do que sabia que tinha que fazer - administrar minha gravadora, gerenciar minha empresa, dirigir meus filmes e produzir minhas turnês. O que significava propriedade, possuir minhas produções, possuir minha arte, possuir meu futuro e escrever minha própria história. Não havia mulheres negras sentadas à mesa. Então eu tive que cortar a madeira e construir minha própria mesa".

"Jovens, nossas futuras líderes"

Beyoncé incentivou os jovens, mulheres e homens, a serem eles mesmos, e os apoiou para que façam "movimentos de poder".

"Para as jovens, nossas futuras líderes, saibam que vocês estão prestes a fazer o mundo girar. Eu vejo vocês. Você é tudo que o mundo precisa. Faça esses movimentos de poder. Seja excelente. E para os jovens reis, inclinem-se para a sua vulnerabilidade e redefinam a masculinidade. Liderem com coração.

Existem muitas maneiras diferentes de ser brilhante. Acredito que você e todo ser humano nasce com um dom magistral. Não deixe o mundo fazer você sentir que precisa ter uma certa maneira de ser brilhante. E não, você não precisa falar de uma certa maneira para ser brilhante. Mas você tem que espalhar seu talento pelo planeta de uma maneira que seja autenticamente você. "

Veja o vídeo inteiro abaixo (em inglês):

Diversidade