PUBLICIDADE

Topo

Vou permanecer pansexual, me apaixono pela pessoa, diz Cara Delevingne

Cara Delevingne afirma que sente atração por pessoas independentemente do gênero - Reprodução/Instagram @caradelevingne
Cara Delevingne afirma que sente atração por pessoas independentemente do gênero Imagem: Reprodução/Instagram @caradelevingne

De Universa, em São Paulo

03/06/2020 11h54

A atriz e modelo Cara Delevingne afirmou que se identifica como pansexual — a orientação sexual designada a quem se sente atraído por todos os gêneros, em entrevista à Variety

"Eu vou sempre permanecer, eu acho, pansexual. Não importa como a pessoa se defina, se é como 'ele', 'ela' ou 'eles', eu me apaixono pela pessoa — e é isso. Eu me sinto atraída pela pessoa", disse a britânica de 27 anos.

Cara confessou que percorreu um longo caminhão de aceitação, que envolveu muitas etapas. "A questão é comigo, eu mudo bastante", afirmou.

Ao olhar para seus fãs, a atriz vê uma versão mais jovem de si mesmo, quando ela ainda tinha muitas inseguranças sobre sua sexualidade. "Orgulho para mim é a sensação de algo que eu nunca tive de verdade quando era criança", explicou.

"Um sentimento de orgulho é como um sentimento de pertencimento, uma família fora da sua própria família, um lugar em que você não precisa pedir perdão ou sentir vergonha", definiu Cara. "Eu acho que nunca senti como se eu pertencesse a qualquer lugar quando criança. Ou eu sentia que não pertencia ao meu próprio corpo. Me sentia tão perdida", confessou.

A atriz de "Cidades de Papel" e "Esquadrão Suicida" disse que compreender sua sexualidade foi um elemento-chave para o processo de encontrar um lugar no mundo. "Eu não estava escondendo mais nada. E a pessoa de que eu mais me escondia era eu mesma", relatou.

Diversidade