PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Stalkeadas

No debate sobre gênero, Thammy Miranda deu um exemplo de humanidade

Luiza Sahd

Colaboração para Universa

10/03/2018 04h00

O último Dia Internacional da Mulher foi marcado, como de costume, por uma série de debates importantes sobre o papel social das mulheres. Em meio a tantos posts sobre o tema, um post masculino se destacou: o ator Thammy Miranda resolveu se manifestar sobre a série de provocações que recebeu na data, homenageando a mulher que foi um dia.

O tópico revelou um aspecto triste da data: enquanto muita gente esteve ocupada falando sobre direitos e melhorias possíveis para as mulheres do mundo inteiro, outro tanto usou a internet para provocar Thammy Miranda sem motivo aparente.

Veja também:

A resposta revelou não só a serenidade do ator para lidar publicamente com um tema espinhoso e ofensivo; ele nos fez lembrar de diversos momentos em que Thammy precisou quebrar barreiras para levar uma vida normal. Mesmo no dia seguinte ao posicionamento público, Thammy ainda teve que lidar com haters.

Saúde

Uma publicação compartilhada por Thammy Miranda (@thammymiranda)

em

Manter a própria vida sexual longe dos palpiteiros não tem sido simples, pelo visto.

Batizar sobrinhos sem responder a um monte de questionamentos também não.

Thammy não trocou de nome, mas trocar “a” por “o” parece um desafio muito grande para os colegas da televisão.

Ter uma Certidão de Nascimento com o nome social também foi todo um processo.

No dia em que o foco supostamente era refletir sobre as condições de vida das mulheres do mundo inteiro, Thammy respondeu ao ódio coletivo com uma reflexão sobre liberdade: 'Você, mulher, pode até ser homem se quiser'.

Stalkeadas