PUBLICIDADE

Topo

Carreira e finanças

8 vezes em que Evaristo Costa provou que é possível ser feliz no trabalho

Do UOL

18/01/2017 14h03

Em tempos de crise, muita gente fala que é preciso levantar as mãos para o céu e agradecer se temos trabalho. Mas a rotina profissional pode ser dura e triste. Porém, tem um sujeito muito carismático que mostra que ralar o dia todo pode ser bem divertido.

Veja oito momentos em que o jornalista e âncora do Jornal Hoje, Evaristo Costa, mostrou que a vida com crachá é só alegria.

  • Reprodução/Facebook

    Saudades, mesa

    Fim de semana, férias, folga... bate uma saudade da mesa de trabalho, né? Não? Evaristo, sentiu... "Estava morrendo de saudade", disse o apresentador em sua volta à bancada do "Jornal Hoje".

  • Reprodução/Facebook

    Felicidade registrada

    Tirar selfie no trabalho pode ser alvo de muitos olhares de reprovação. "Mas o que essa pessoa está fazendo? Demonstrando tanta alegria em estar no trabalho?". Evaristo não está nem aí e faz da bancada do "JH" um palco.

  • Reprodução/Facebook

    Yes! As férias terminaram!

    "Boa noite. As férias acabaram! O primeiro Fantástico de 2017 começou." Evaristo, de coração, ninguém entendeu essa exclamação. Fim de férias, motivo de depressão de muitos, é o que apresentador chama de oportunidade para começar o ano lacrando.

  • Reprodução/Facebook

    Ah, o sol!

    Odeia o horário de verão? Acordar cedo e ainda estar escuro? Pegar sol na cara no trânsito de volta para casa? Evaristo não está nem aí e comemora: "Boa segunda-feira com horário de verão". OBA!

  • Reprodução/Instagram

    Sextou!

    Como ninguém é de ferro, nem Evaristo (nem o cão Evaristinho) podem esperar pela próxima sexta-feira para curtir o fim de semana. Ter um meme e legião de fãs adorando as gracinhas também podem colaborar para essa alegria (às vezes, difícil de compreender) do âncora.

  • Reprodução/Instagram

    Nem tudo é o que parece

    Para muitos profissionais, a chegada do fim de semana não é exatamente sinônimo de festa. Trabalhar no fim de semana --no caso de Evaristo, comandar o "Jornal Nacional"-- pode causar uma tremenda depressão. O jornalista dá a solução: ignore o calendário e brinque que seu sábado é uma segunda-feira.

  • Reprodução/Instagram

    FOL-GA

    Se essa alegria toda não convenceu você a desamarrar a cara no trabalho, Evaristo informa: 2017 tem montes de feriados para descansar, afrouxar a gravata, esquecer o chefe...

Carreira e finanças