Topo

Uber indica nova chefe no Reino Unido antes de licença de Londres expirar

Getty Images
Imagem: Getty Images

Por Costas Pitas

Em Londres

19/08/2019 10h30

A Uber nomeou uma nova chefe para o Reino Unido e Irlanda nesta segunda-feira, pouco mais de um mês antes de sua licença expirar em Londres, um dos mais importantes mercados globais onde os reguladores já retiraram o seu direito de operar.

A Transport for London (TfL) rejeitou a solicitação de renovação de licença da empresa Vale do Silício em 2017 devido a falhas em sua abordagem relativa a ofensas criminais graves e antecedentes de motoristas, o que motivou ações judiciais.

Um juiz britânico concedeu à Uber em 2018 uma licença experimental de 15 meses que expira em 25 de setembro.

Melinda Roylett, ex-chefe da Europa na empresa de pagamentos digitais Square, começa sua nova função no Uber nesta segunda-feira, substituindo Tom Elvidge, que passou a integrar a equipe da empresa de compartilhamento de escritórios WeWork no início deste ano.

"Estou entusiasmada por ingressar na empresa enquanto buscamos construir ainda mais maneiras de movimentar o Reino Unido, apoiar motoristas e ajudar a tornar nossas cidades mais limpas", disse ela.

A Uber introduziu várias novas iniciativas em Londres para amenizar as preocupações dos reguladores, incluindo o suporte por telefone 24 horas por dia, a notificação proativa de incidentes graves à polícia e a capacidade de compartilhar viagens com amigos e familiares.

Mais Tilt