PUBLICIDADE
Topo

Galaxy S21 FE x Moto G100: saiba qual é o melhor celular avançado com 5G

Comparativo - Galaxy S21 FE 5G vs Moto G100 5G - Tilt
Comparativo - Galaxy S21 FE 5G vs Moto G100 5G Imagem: Tilt

Lucas Agrela

Colaboração para Tilt, em São Paulo

25/01/2022 04h00

Quem pensa em dar o primeiro passo em direção aos smartphones mais sofisticados do mercado, mas não quer pagar a fortuna dos modelos mais caros, pode acrescentar nas pesquisas duas opções: o Galaxy S21 FE 5G, que acabou de chegar ao mercado, e o Moto G100, há quase um ano no Brasil — ambos compatíveis com 5G.

Por muitos anos, a Motorola deixou de lado os segmentos mais avançados do mercado de celulares e fez um retorno recente. Com isso, ela promoveu o Moto G a um novo patamar com o G100, colocando o aparelho na briga contra o rival da primeira linha de Galaxy S FE. Qual dos smartphones é o melhor? Comparamos as fichas técnicas dos dois aparelhos. Confira a seguir.

  • Moto G100: 168,4 mm x 74 mm x 9,7 mm e 207 gramas
  • Galaxy S21 FE: 155,7 mm x 74,5 mm x 7,9 mm e 177 gramas

Na parte traseira, os dois celulares têm revestimento em plástico e contam com a certificação IP68, que garante proteção contra água sob condições controladas.

O Moto G100 tem visual mais alongado, com seus quase 17 cm de altura (comprimento), contra os 15,5 cm do Galaxy S21 FE. A largura do aparelho da Samsung é levemente maior, porém é mais fino do que o rival, uma vez que tem menor capacidade de bateria.

O smartphone da Samsung tem traseira fosca, enquanto o da Motorola uma espécie de efeito holográfico — que, apesar de legal, deixa mais aparentes as marcas de dedos.

Veredito: Empate.

  • Moto G100: 6,7 polegadas, IPS LCD, resolução Full HD+ (2.520 x 1.080 pixels), HDR10+ e taxa de atualização de 90 Hz
  • Galaxy S21 FE: 6,4 polegadas, IPS LCD, resolução Full HD+ (1.080 x 2.400 pixels), HDR10+ e taxa de atualização de 120Hz

Enquanto a tela do Moto G100 tem 0,3 polegada a mais, o Galaxy S21 FE está melhor adaptado ao contexto do mercado de smartphones de 2022, pois apresenta taxa de atualização de imagem de 120 Hz, contra 90 Hz do rival — e nesse quesito, quanto maior o número, melhor será a fluidez das animações no visor. Ambos têm resolução Full HD+ e painéis IPS.

O desempate ficaria no benefício do modelo da Samsung ter uma tela com mais velocidade na reprodução de cenas de ação e jogos. Porém, o Moto G100 é compatível com cabo HDMI para usar com o Ready For, a plataforma digital da Motorola que cria um ambiente virtual parecido com o Windows para usar mouse e teclado quando o aparelho estiver conectado a um monitor.

Veredito: A decisão aqui deve levar em conta o que você mais gostaria de ter num smartphone. Por isso, empate.

  • Moto G100: 5.000 mAh
  • Galaxy S21 5G FE: 4.500 mAh

O Moto G100 tem capacidade de bateria 11% maior, com 500 mAh a mais do que o concorrente da Samsung. Além disso, o aparelho vem com o carregador na caixa, enquanto o Galaxy S21 FE apenas com o cabo no seu kit.

Porém, o aparelho da Samsung é compatível com carregador de até 25 W, enquanto o da Motorola é compatível com carregador de até 20 W.

Veredito: Analisando o conjunto da obra, o ponto positivo fica com o Moto G100.

  • Moto G100: câmera tripla traseira (principal de 64 MP, ultra-angular de 16 MP e sensor de profundidade de 2 MP) e frontal dupla (grande angular de 16 MP e ultra-angular de 8 MP);
  • Galaxy S21 FE: Câmera traseira tripla (principal de 12 MP, ultra-angular de 12 MP e telefone 8 MP com zoom óptico de 3x) e frontal única (32 MP)

Traseira

O Galaxy S21 FE tem câmera tripla, assim como o aparelho da Motorola, mas oferece um recurso de zoom óptico de até 3x. Porém, os sensores do celular da Samsung possuem resoluções menores.

Ambos permitem fotos com a câmera ultra-angular, aquelas fotos que parecem tiradas com uma câmera GoPro. Contudo, o S21 FE tem um diferencial por permitir imagens com ângulo de visão mais fechado.

Nos testes feitos por Tilt, o Moto G100 teve um bom desempenho sob condições de iluminação favoráveis, mas não chegou a apresentar resultados brilhantes.

Por ser um aparelho mais novo e irmão dos celulares avançados da linha S21, é de se esperar que o S21 FE apresente resultados melhores em uma maior versatilidade de cenários de iluminação.

Veredito: Galaxy S21 FE.

Frontal

À primeira vista, apenas o fato de o Moto G100 ter duas câmeras em relação ao rival, que possui só uma, parece uma briga injusta. Mas não é.

Enquanto o S21 FE tem uma câmera dianteira com menor capacidade de registro de megapixels, ele permite filmagens com resolução 4K. O Moto G100 filma em Full HD com sua câmera frontal.

Ao mesmo tempo, é inegável a maior versatilidade para fotos do dispositivo da Motorola. Ele permite, por exemplo, o fácil enquadramento de grupos em uma selfie por causa da câmera grande angular na dianteira.

Veredito: Mais um empate. A decisão aqui depende se você prioriza tirar fotos ou gravação de vídeos.

  • Moto G100: Qualcomm Snapdragon 870 5G (3,2 GHz, octa-core), 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento;
  • Galaxy S21 FE: Exynos 2100 5G (2,9 GHz, octa-core), 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento

A quantidade máxima de memória RAM (que ajuda no desempenho do celular) do Moto G100 já coloca o aparelho em vantagem. Mas nem sempre tudo é o que parece.

No aplicativo de desempenho GeekBench, ele marcou 2.860 pontos contra os 3.049 pontos do Galaxy S21 FE. Ou seja, nesse ponto, o conjunto da obra e o processador feito pela própria Samsung dá ao Galaxy uma leve vantagem em termos de performance.

Vale ponderar que o celular da Motorola tem uma opção (mais cara) com armazenamento de 256 GB, enquanto o concorrente é limitado aos 128 GB de capacidade em sua memória interna. Nenhum dos dispositivos tem entrada para cartão microSD para expansão do armazenamento na memória.

Veredito: Por poucos pontos, o Galaxy S21 FE leva o destaque.

  • Moto G100: a partir de R$ 2.025 à vista (128 GB em lojas varejistas);
  • Galaxy S21 FE: R$ 4.049 à vista (128 GB em varejistas)

O Galaxy S21 FE é um smartphone que acabou de chegar ao mercado, enquanto o Moto G100 foi lançado há quase um ano. Por isso, a diferença de preços dos dois é bem grande.

Tirando o preço da jogada, as principais diferenças dos aparelhos estão nas câmeras e isso pode ser o fator de decisão mais importante na hora de escolher um smartphone ou outro.

De qualquer forma, se você precisa de um celular agora, a melhor dica é investir no modelo da Motorola, uma vez que oferece um bom conjunto de recursos por quase a metade do preço do rival.

Caso seja possível esperar mais uns meses, a tendência é de que o valor do Galaxy S21 FE diminua. Se isso acontecer, aí o custo-benefício será mais vantajoso.

Veredito: Moto G100.