PUBLICIDADE
Topo

Tem dor após horas no computador? Veja 3 dicas de quem manja para se cuidar

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Colaboração para Tilt, em Florianópolis

18/01/2022 04h00Atualizada em 18/01/2022 17h02

As longas horas na frente do computador — seja trabalhando ou se divertindo— podem comprometer a sua saúde se você não tiver cuidado. Dores na coluna, no pescoço e/ou na cabeça estão entre queixas comuns.

Dor na lombar (a parte mais baixa da coluna) afeta ou já afetou mais de 85% da população mundial e está relacionada a diversos fatores, entre eles, ficar sentado por horas, afirma Edson Mendes, mestre em educação física adaptada e biodinâmica do movimento pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Quando ficamos sentados por um longo período, a musculatura responsável por estabilizar a nossa coluna, principalmente os músculos do abdômen e a musculatura da região lombar ficam mais relaxados e enfraquecidos, destaca Mendes. "Isso aumenta as pressões dessa parte do corpo e provoca a indesejada dor", ressalta.

Confira abaixo três dicas práticas para quem passa muitas horas na frente do computador e não quer sofrer com as dores:

1. Faça pausas

Estabeleça intervalos durante a sua jornada na frente do computador para se movimentar. Lavante-se, dê uma espreguiçada, vá ao banheiro, pegue um copo de água, tome um café/chá, caminhe um pouco quando possível.

Essa prática traz benefícios tanto para a saúde física quanto para diminuir o ritmo mental, segundo a fisioterapeuta Patrícia Ferreira Guedes, mestre em ciências da reabilitação pela USP (Universidade de São Paulo) na área da postura e do movimento.

"A pior coisa que fazemos é ficarmos parados, numa mesma posição, por muito tempo. Também não é nada recomendável sairmos de uma cadeira e nos jogarmos, repentinamente, no sofá". Caso você deseje fazer esse processo, lembre-se de ficar alguns minutos em pé entre um e outro.

2 - Respire bem e exercite o seu corpo

Quando passamos longas horas sentados, nossa respiração também pode ficar prejudicada. Você já ouviu falar de respiração "curta"?

É quando o ar não preenche os pulmões com tanta eficiência. Muitas vezes, nem percebemos, mas o processo não nos ventila adequadamente, o que pode contribuir para a falta de atenção ao que estamos fazendo, explica a fisioterapeuta.

Por isso, procure também respirar fundo por alguns minutos de tempos em tempos. Tome a consciência do processo e foque no presente.

Para ajudar a evitar dores, Guedes orienta a fazer um exercício do curso que ministra: "Atualizações em Postura em Home Office". Em uma parede lisa, faça a sequência a seguir de movimentos:

Posição inicial

  1. Encoste-se de costas na parede;
  2. Posicione os calcanhares a um palmo distante da parede, para que haja espaço suficiente para caber o seu quadril, dobrando, só um pouco, os joelhos;
  3. Aproxime o quadril na parede e mantenha a pressão do seu corpo contra a parede como sua aliada.

Execução

  1. Cresça a coluna "por dentro de você", para cima, ao mesmo tempo que os ombros "crescem para os lados";
  2. Mantenha a pressão dos pés contra o chão para baixo;
  3. Respire três vezes, calmamente, e, a cada vez que soltar o ar, preste atenção nas três pressões: para cima, para os lados e para baixo.

OBS: se você tiver com alguma dor mais constante e aguda, exercícios exigem mais atenção. Procure orientação de profissionais capacitados para que não tenha risco de lesão ou agravamento da inflamação.

"Evidências científicas demonstram que, para dores agudas, exercícios físicos não são os mais efetivos tratamentos. O uso de compressas quentes na região e medicamentos estão entre os meios mais comuns e eficazes para alívio desse desconforto", diz Mendes.

3 - Treine o seu olhar para evitar o cansaço

"Os olhos regem importantes funções em nossa postura, pois captam informações importantes de direção, distância, luminosidade e reflexos", ressalta Guedes.

Por isso, você deve ficar atento também com a proximidade dos olhos com a tela. Não é recomendado que o computador fique muito perto do seu rosto.

Uma falta de atenção quanto a isso pode resultar em "respostas motoras e mentais menos eficientes, cansaço mental e corporal, mesmo tendo ficado parado frente as telas", de acordo com a fisioterapeuta.

Enquanto está sentado em frente ao computador, pare e olhe para o horizonte durante os seus intervalos. Isso contribuirá para você ter menos riscos de desenvolver dores de cabeça e nos olhos, por exemplo.

E não se esqueça de fazer exames periódicos no oftalmologista. Alguns casos de dores de cabeça são resolvidos com óculos.