PUBLICIDADE
Topo

Gastando muito? Veja 3 dicas para economizar energia com a sua geladeira

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Felipe Oliveira

Colaboração para Tilt, em São Paulo

14/09/2021 04h00

Você já deve ter visto alguém reclamar que a geladeira está consumindo muita energia, certo? O fato é que na cozinha a geladeira é um dos eletrodomésticos que mais gera gastos ao consumidor. Até mesmo os modelos considerados mais eficientes e com o selo Procel de Economia de Energia, emitido pelo Inmetro, podem contribuir para o aumento na conta de luz no final do mês.

Mas você deve saber também que nem toda culpa pelos gastos gerados deve ser colocada apenas nas geladeiras, né? Ter bons hábitos de utilização do eletrodoméstico é fundamental para ela não gastar mais energia do que você gostaria.

Para ajudar a tirar dúvidas e pegar dicas de como economizar, convidamos o professor do curso de engenharia eletrônica do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), Wânderson de Oliveira Assis. Confira três conselhos de quem manja:

1- Não fique abrindo a porta da geladeira

Você é daquelas pessoas que abrem a porta da geladeira para pensar (eu faço isso todos os dias)? Pois quanto mais você abre a porta da geladeira, mais seu eletrodoméstico vai gerar gastos com energia — essa dica você já deve até ter ouvido de algum familiar quando era pequeno. E ela realmente faz sentido.

"Quanto mais tempo a geladeira ficar aberta, maior troca de calor irá ocorrer com o ambiente. Como consequência, demorará mais para a temperatura se estabilizar, o que significa que irá ocorrer maior consumo de energia", explica o professor. Isso acontece porque sua geladeira consegue detectar a temperatura e vai utilizar o motor para se resfriar até chegar à temperatura que você escolheu.

Essa dica nos leva a outra relacionada à porta da geladeira. Quer economizar energia: preste atenção se a porta realmente está fechada. "Tenha cuidado na hora de fechar a geladeira; muitas vezes uma tampa, um cabo de panela ou qualquer excesso de embalagens dentro do compartimento pode impedir o total fechamento da porta, e isso certamente irá proporcionar um maior consumo de energia", disse o professor.

2- Evite colocar produtos quentes nela

Sabe aquele brigadeiro que você acabou de tirar da panela e na ansiedade de comer o mais rápido possível você coloca diretamente no freezer? É neste momento que você estará fazendo sua geladeira consumir mais energia do que o normal. O ideal é esperar o alimento esfriar naturalmente antes de colocar dentro de algum compartimento do refrigerador.

"O resfriamento dentro de uma geladeira depende da troca de calor dentro do congelador ou da câmara de resfriamento. Assim, se tivermos algum objeto quente, haverá um aumento na temperatura interna exigindo um aumento na potência consumida no compressor para retornar a temperatura ao patamar desejado", afirma Assis.

E não é só isso. Com o aumento da temperatura dentro dela, os alimentos podem estragar mais facilmente já que vão ficar expostos durante um tempo a temperaturas mais elevadas.

3- Fique atento às borrachas de vedação

As borrachas que fazem a vedação da porta da geladeira são fundamentais para manter a temperatura e, assim, evitar que seu refrigerador gaste mais energia do que o necessário para ficar na temperatura padrão.

Por isso, é sempre bom dar uma olhada se a vedação, principalmente nas geladeiras que são mais antigas, está funcionando corretamente. "Essas borrachas costumam ficar mais relaxadas após muito tempo de uso e a vedação pode ficar comprometida", explica o professor.

Não sabe verificar como estão as condições das borrachas. Fique tranquilo, você pode fazer o teste da folha de papel. "Feche a porta da geladeira sobre uma folha de papel e então puxe lentamente. Se a folha sair sem qualquer dificuldade, sem oferecer resistência, é preciso trocar a borracha da porta da geladeira", aconselha o professor.