PUBLICIDADE
Topo

Nasa desenvolve telescópio para encontrar 100 mil planetas e 'novas Terras'

Nasa pretende descobrir novos planteas já nos próximos anos - WikiImages/ Pixabay
Nasa pretende descobrir novos planteas já nos próximos anos Imagem: WikiImages/ Pixabay

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2021 12h26

Ao infinito e além! A Nasa prepara um novo telescópio, chamado Roman, que deve ser lançado nos próximos anos. A agência espera que o aparelho tenha a capacidade de encontrar cerca de 100 mil novos "mundos" no universo.

De acordo com a Nasa, o telescópio permitirá um amplo campo de visão e uma "excelente resolução" das imagens, permitindo perceber pequenas mudanças na luz que são necessárias para identificar novos planetas.

Isso é possível com a utilização de microlentes, que usam um método de detecção que se vale dos efeitos de dobras de luz gravitacionais de objetos enormes.

Basicamente, ele monitora as mudanças de luz de uma estrela em relação a outra estrela mais distante. Quando duas delas se alinham, a estrela mais próxima ao telescópio age como uma espécie de lente, dobrando a luz da estrela mais distante.

Conforme elas se locomovem, o brilho da estrela mais distante também vai mudando, e observando estas alterações na luminosidade, os astrônomos são capazes de determinar se há a possibilidade de um planeta estar orbitando a estrela.

"Eventos de microlentes são raros e ocorrem rapidamente, então é necessário olhar para várias estrelas, diversas vezes e mensurar precisamente as mudanças de brilho para detectá-las", explica Benjamin Montet, da Universidade de Nova Gales do Sul, em Sydney.