PUBLICIDADE
Topo

Estes 7 celulares são de 2020, mas podem ser boas opções para você

Redmi Note 9, Galaxy A51 e Moto G9 Plus são alguns dos celulares de 2020 que valem a pena para quem busca um novo aparelho - Andrea Piacquadio/Pexels
Redmi Note 9, Galaxy A51 e Moto G9 Plus são alguns dos celulares de 2020 que valem a pena para quem busca um novo aparelho Imagem: Andrea Piacquadio/Pexels

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

08/01/2021 04h00

Ano novo, vida nova, celular novo. Quem quer começar 2021 trocando de smartphone, mas não pode esperar pelos próximos lançamentos, tem diversas boas opções "antigas" para todos os bolsos e necessidades.

O ano de 2020 foi dos "intermediários premium", aparelhos com alguns itens de hardware dos top de linha mas com desempenho um pouco abaixo deles, além de ser boas opções em custo-benefício. Também foram lançados alguns dos mais caros e tecnológicos smartphones da história.

Tilt separou sete modelos que tiveram destaque no ano passado e ainda serão referência por um bom tempo.

Redmi Note 9 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Redmi Note 9

Em 2020 a Xiaomi ampliou sua oferta de produtos no Brasil, com smartphones poderosos a preços mais competitivos. O Redmi Note 9 é um intermediário com algumas características premium, como o conjunto de quatro câmeras traseiras, a tela grande e a enorme bateria, que aguenta até dois dias de uso moderado. O desempenho fica na média, com um pouco de lentidão.

Veja um review completo aqui.

Ficha técnica: Xiaomi Redmi Note 9

  • Tela: 6,5 polegadas LCD IPS Full HD+
  • Câmera traseira: 48 MP (principal); 8 MP (grande angular); 2 MP (macro); 2 MP (teleobjetiva e profundidade)
  • Câmera frontal: 13 MP
  • Processador: MediaTek Helio G85
  • Memória: 3 GB ou 4 GB de RAM
  • Armazenamento: 64 GB ou 128 GB
  • Bateria: 5.020 mAh
  • Preço: R$ 1.644,99*

Moto g9 Plus - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Moto G9 Plus

A família Moto G, da Motorola, é sinônimo de smartphones intermediários e mais acessíveis. Sua mais recente adição, do segundo semestre de 2020, é o potente Moto G9 Plus.

O maior trunfo do aparelho é o parrudo chip Snapdragon 730G, da Qualcomm, que garante desempenho rápido e economia de energia. O processador é otimizado para gráficos de games e a bateria também é de respeito. Apesar da câmera quádrupla, o aspecto das fotos e vídeos pode deixar a desejar.

Ficha técnica: Motorola Moto G9 Plus

  • Tela: 6,8 polegadas LTPS LCD Full HD+
  • Câmera traseira: 64 MP (principal); 8 MP (ultra-angular); 2 MP (macro); 2 MP (profundidade)
  • Câmera frontal: 16 MP
  • Processador: Snapdragon 730G
  • Memória: 4 GB de RAM
  • Armazenamento: 128 GB
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: R$ 1.799,00* - Produto com 13% de desconto

galaxy a51 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy A51

O celular mais vendido pela Samsung em 2020 não foi um top de linha, mas sim o intermediário Galaxy A51. Ele foi lançado no Brasil em janeiro do ano passado e ainda é queridinho na categoria, figurando em diversos rankings.

O A51 tem vários elementos de celulares mais caros e avançados, com custo-benefício bacana e o "selo" Samsung de qualidade. O destaque vai para a resolução da tela e a câmera traseira quádrupla.

Veja um review completo aqui.

Ficha técnica: Samsung Galaxy A51

  • Tela: 6,5 polegadas Super Amoled Full HD+
  • Câmera traseira: 48 MP (principal), 12 MP (ultra wide), 5 MP (macro), 5 MP (profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Processador: Exynos 9611 octacore
  • Memória: 4 GB de RAM
  • Armazenamento: 128 GB
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Preço: R$ 2.149,00*

Nova 5T - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Nova 5T

Em 2020, a Huawei lançou seu primeiro smartphone intermediário premium no Brasil. Como ele foi desenvolvido antes das sanções do governo Trump, que impediu a chinesa de usar os aplicativos do Google para Android, o Nova 5T ainda vem com a loja de apps Google Play.

O ponto alto do aparelho é o desempenho e rapidez. O processador Kirin 980, feito pela própria Huawei, é o mesmo do top de linha P30 Pro. A tecnologia de aceleração de processamento gráfico, integrando software e hardware, é ótima para quem curte games. As cinco câmeras com inteligência artificial também atraem o público mais jovem.

Veja um review completo aqui.

Ficha técnica: Huawei Nova 5T

  • Tela: 6,2 polegadas IPS LCD Full HD+
  • Câmera traseira: 48 MP (principal); 16 MP (ultra-angular); 2 MP (macro); 2 MP (profundidade)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Processador: Kirin 980
  • Memória: 8 GB de RAM
  • Armazenamento: 128 GB
  • Bateria: 3.750 mAh
  • Preço: R$ 2.999,99*

iphone se - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

iPhone SE (2020)

No ano passado, a Apple decidiu relançar seu modelo intermediário, de preço mais acessível: o iPhone SE, que teve sua primeira versão em 2016.

O iPhone SE de 2020 é, basicamente, um iPhone 8 com o processador do iPhone 11, o A13 Bionic. Com isso, ganhou um desempenho digno de um top de linha. Por outro lado, além do visual ultrapassado, tem tela de resolução inferior, com grandes bordas, e apenas uma câmera. Mesmo assim a qualidade das fotos é ótima devido ao sensor moderno.

Veja um review completo aqui.

Ficha técnica: Apple iPhone SE (2020)

  • Tela: 4,7 polegadas Retina HD (LCD)
  • Câmera traseira: 12 MP
  • Câmera frontal: 7 MP
  • Processador: A13 Bionic
  • Memória: 3 GB de RAM
  • Armazenamento: 64, 128 ou 256 GB
  • Bateria: 1.821 mAh
  • Preço: R$ 3.655,45*

s20 ultra - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Galaxy S20 Ultra

A mais badalada das famílias de smartphones da Samsung ganhou quatro novos integrantes em 2020: Galaxy S20, S20 Plus, S20 FE e o top de linha, S20 Ultra.

A versão mais cara tem um conjunto de câmeras traseiras impressionante, sendo a principal com 108 MP e outra teleobjetiva que alcança um zoom "espacial" de 100 vezes. A tela enorme de 6,9 polegadas (17 centímetros) é a melhor já feita pela marca, com altíssima resolução e taxa de atualização, de 120 hertz. O aparelho é muito grande, o que pode incomodar algumas pessoas.

Veja um review completo aqui.

Ficha técnica: Samsung Galaxy S20 Ultra

  • Tela: 6,9 polegadas Amoled dinâmico Quad HD+
  • Câmera traseira: 108 MP (principal); 48 MP (telefoto periscópio); 12 MP (ultra-angular); 0,3 MP (sensor profundidade)
  • Câmera frontal: 40 MP
  • Processador: Snapdragon 865
  • Memória: 12 GB de RAM
  • Armazenamento: 128 ou 512 GB
  • Bateria: 5.000 mAh
  • Preço: R$ 6.499,99*

iphone 12 pro max - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

iPhone 12 Pro Max

O mais poderoso e caro lançamento da Apple em 2020 foi o iPhone 12 Pro Max. Equipado com o processador A14 Bionic, o mais avançado da empresa atualmente para celulares, tem tela grandona e recursos exclusivos.

As três câmeras traseiras contam com estabilização ótica por deslocamento de sensor: ele continua fixo mesmo se você chacoalhar levemente o smartphone na hora da foto ou vídeo. Mas o grande diferencial de um iPhone em relação aos seus concorrentes do sistema Android é a integração entre hardware e software da Apple. Mesmo com menos memória ou menos câmeras, o desempenho é superior.

Veja um review completo do irmão menor, o iPhone 12 Pro, aqui.

Ficha técnica: Apple iPhone 12 Pro Max

  • Tela: 6,7 polegadas Super Retina XDR (Oled)
  • Câmera traseira: 12 MP (principal); 12 MP (telefoto); 12 MP (ultra-angular)
  • Câmera frontal: 12 MP
  • Processador: A14 Bionic
  • Memória: 6 GB de RAM
  • Armazenamento: 128, 256 ou 512 GB
  • Bateria: 3.687 mAh
  • Preço: R$ 11.617,44*

Uma dica: costuma fazer compras online? Assinar o Amazon Prime pode ser uma boa alternativa. Com primeiro mês de teste gratuito e depois por apenas R$ 9,90, você tem entrega grátis e rápida para diversas compras em qualquer lugar do Brasil.

* Os preços e a lista foram checados no dia 07/01/2021 para atualizar esta matéria. Pode ser que eles variem com o tempo.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial.