PUBLICIDADE
Topo

Carinho, beliscão, cócega: capa de celular que imita pele entende estímulos

Capa de celular que imita pele humana - Divulgação
Capa de celular que imita pele humana Imagem: Divulgação

De Tilt, em São Paulo

22/10/2019 20h37

Um grupo de pesquisadores desenvolveu uma capa protetora para celulares feita com uma pele artificial. Chamada de Skin-On, a membrana tátil é capaz de responder a diferentes estímulos como toques, apertos, beliscões e até cócegas.

O dispositivo foi desenvolvido pelo designer de interação Marc Teyssier, da Télécom Paris, escola de engenharia da França e seus colegas. Ele contou para a revista NewScientist como surgiu a ideia: "Eu queria beliscar meu telefone".

O grupo criou dois protótipos, sendo um com uma camada texturizada muito parecida com a pele humana e outro com uma superfície mais uniforme.

Junto ao celular, a capinha consegue enviar comandos ao aparelho. Além disso, também funciona como um mousepad se plugada a um laptop.

Agora, os pesquisadores querem tornar a pele mais realista, incluindo cabelos e recursos de temperatura.

Gadgets