Topo

Perdeu! Zuckerberg fica para trás em lista de bilionários da Forbes

Chefão do Facebook ficou dois anos como o quinto mais rico do mundo - Leah Millis / Reuters
Chefão do Facebook ficou dois anos como o quinto mais rico do mundo Imagem: Leah Millis / Reuters

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

06/03/2019 14h09

Resumo da notícia

  • Após ano problemático do Facebook, fortuna de Mark Zuckerberg encolheu
  • Fundador da rede social perdeu posições no ranking de maiores bilionários do mundo
  • Dois fundadores de empresas de tecnologia estão nas duas primeiras posições: Jeff Bezos e Bill Gates

O 2018 do Facebook, apesar de repleto de problemas, resultou em recordes de lucros para a empresa. Para Mark Zuckerberg, no entanto, os sucessivos depoimentos a políticos e a tentativa de controlar o escândalo da Cambridge Analytica tiveram um impacto em sua fortuna. Quinto homem mais rico do mundo em 2017 e 2018, o executivo-chefe da rede social caiu três posições para a edição de 2019 do ranking de bilionários da Forbes.

De uma fortuna de US$ 71 bilhões no ano anterior, Zuckerberg perdeu quase US$ 9 bilhões - hoje, sua riqueza é avaliada em "apenas" US$ 62,3 bilhões. Três outros bilionários pularam na frente dele de um ano para o outro: o mexicano Carlos Slim, o magnata das telecomunicações dono da Claro, o espanhol Amancio Ortega, dono da Zara, e o americano Larry Ellison.

A ascensão de Ellison, cofundador da Oracle, fez com que Zuckerberg também caísse para a quarta colocação no ranking dos ricaços do ramo da tecnologia, que está bem representado entre os maiores bilionários do planeta.

Tão bem representado que os dois homens mais ricos do mundo fundaram empresas de tecnologia. Jeff Bezos, fundador da Amazon, aumentou sua fortuna em US$ 19 bi em um ano, chegando a uma riqueza de 131 bilhões e se isolando na frente de Bill Gates, cofundador da Microsoft com fortuna avaliada em US$ 96,5 bilhões.

Essa situação pode mudar em breve, como indica a descrição de Bezos no ranking. A Forbes destaca que "Jeff Bezos e família" estão em primeiro, pois o chefão da Amazon anunciou em janeiro o divórcio da mulher MacKenzie, que pode ficar com metade da fortuna, segundo a legislação do Estado americano de Washington.

Fora Bezos, Gates, Ellison e Zuckerberg, o Top 10 geral ganhou a presença de outro figurão do ramo da tecnologia. Larry Page, cofundador do Google e executivo-chefe da Alphabet, estreou no topo da lista na décima colocação. Seu parceiro Sergey Brin, cofundador do Google e presidente da Alphabet, vem pouco depois, em 14º.

Os 10 maiores bilionários de tec

  1. Jeff Bezos e família (Amazon), US$ 131 bilhões
  2. Bill Gates (Microsoft), US$ 96,5 bilhões
  3. Larry Ellison (Oracle), US$ 62,5 bilhões
  4. Mark Zuckerberg (Facebook), US$ 62,3 bilhões
  5. Larry Page (Alphabet/Google), US$ 50,8 bilhões
  6. Sergey Brin (Alphabet/Google), US$ 49,8 bilhões
  7. Steve Ballmer (ex-Microsoft), US$ 41,2 bilhões
  8. Ma Huateng (Tencent), US$ 38,8 bilhões
  9. Jack Ma (Alibaba), US$ 37,3 bilhões
  10. Michael Dell (Dell), US$ 34,3 bilhões

Figurões fora do topo

Mais badalado do que Page, Brin e outros da lista, Elon Musk aparece bem depois no ranking, na 40ª posição, com uma fortuna avaliada em US$ 22,3 bilhões. Pouco depois dele, outro sobrenome famoso de tecnologia dá as caras: Laurene Powell Jobs (e família), a viúva de Steve Jobs. Herdeira da fortuna do cofundador da Apple, ela atua fora do ramo da tecnologia com a organização Emerson Collective, cujo foco é realizar mudanças sociais.

Mais Facebook