PUBLICIDADE
Topo

Pergunta pro Jokura

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Não tinha câmera fotográfica e nem smartphone: qual foi a primeira selfie?

Lisa/ Pexels
Imagem: Lisa/ Pexels
Conteúdo exclusivo para assinantes
Tiago Jokura

Tiago Jokura é jornalista e, portanto, curioso profissional. Passou os últimos 15 anos respondendo as dúvidas mais complexas e inusitadas dos leitores na mídia impressa, na tentativa infinita de explicar como o mundo funciona com clareza e bom humor. Agora, continua essa saga aqui no UOL.

19/07/2021 04h00

Qual foi a primeira selfie? - Pergunta de Jaci Mage, de Paço do Lumiar (MA) - quer enviar uma pergunta também? Clique aqui.

Cara luminense, essa história é mais antiga do que você imagina.

O autor do primeiro autorretrato fotográfico de que se tem conhecimento foi o americano Robert Cornelius. Há 182 anos, ele posou diante de um daguerreótipo —espécie de ancestral das câmeras fotográficas— para obter o registro. E não era instantâneo, não. Cornelius posou, imóvel, por algo entre 10 e 15 minutos para o retrato sair —e sem ter certeza de que ia dar certo.

Robert Cornelius - Domínio público - Domínio público
Imagem: Domínio público

O título de primeira selfie é, porém, contestado porque paira no ar a dúvida sobre se Cornelius teria sido quem disparou o clique. Nesse caso, outra candidata a selfie ancestral seria um retrato de 1840, clicado pelo francês Hippolyte Bayard.

Autorretrato Hippolyte Bayard  - Domínio público - Domínio público
Imagem: Domínio público

Esteticamente falando, com o fotógrafo de braço esticado retratando um grupo de amigos, uma das mais antigas é esta aqui, de Joseph Byron, em Nova York, em 1920.

E também não poderia deixar de destacar a primeira selfie feita fora do planeta Terra —por um terráqueo, pelo menos. O astronauta Buzz Aldrin, segundo homem a pisar na Lua, foi o autor da façanha durante a missão Gemini 12, em 1966:

Do final do século 19 até o início do século 21, você sabe, cara luminense, as câmeras foram diminuindo progressivamente de tamanho até se tornarem um acessório permanente das pessoas, acopladas aos celulares. E foi aí que o termo selfie surgiu.

Ninguém chamava autorretratos de selfie até 2002, quando o australiano Nathan Hope, de 21 anos, cunhou a expressão em um fórum online. Os australianos são famosos por abreviar palavras e acrescentando um final "ie" —não à toa se apelidam como "aussies". O termo selfie surgiu, então, como uma gíria aussie para self-portrait (autorretrato em inglês).

Nove anos depois, foi a vez da palavra virar hashtag. A primeira #selfie tagueada no Instagram foi essa a seguir —de lá para cá, já são mais de 453 milhões marcadas assim:

Também em 2011, foi a vez de outra espécie aderir a essa mania humana: macacos na Indonésia se divertiram com a câmera do fotógrafo David Slater e os registros viralizaram. O que levou, inclusive, a uma inusitada e longa disputa judicial sobre quem teria direitos autorais sobre as imagens (se Slater, o macaco Naruto ou se elas seriam de domínio público).

Selfie macaco - Domínio público - Domínio público
Imagem: Domínio público

Em 2013, veio a consagração suprema do autorretrato, com o termo selfie sendo eleito como "palavra do ano" pelo prestigiado dicionário Oxford da língua inglesa.

Mais recentemente, em 2017, a socialite Paris Hilton tentou se autointitular como inventora da selfie em 2006. Segundo ela, a imagem abaixo, ao lado de Britney Spears, teria sido a selfie original. Convenhamos que Paris não foi original nem como fake news, nessa, né?

Tem alguma pergunta? Deixe nos comentários ou mande para nós pelo WhatsApp.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL