PUBLICIDADE
Topo

Guilherme Rambo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Topa? Testar versão beta do iOS 15 traz riscos que não são para qualquer um

Divulgação/ Apple
Imagem: Divulgação/ Apple
Conteúdo exclusivo para assinantes
Guilherme Rambo

Guilherme Rambo é programador desde os 12 anos. Especialista em engenharia reversa, é conhecido mundialmente por revelar os segredos da Apple antes mesmo dos anúncios da empresa, além de programar para as plataformas da empresa.

02/07/2021 04h00

Anunciado no começo de junho, o iOS 15 virá com muitas novidades interessantes, incluindo novos recursos de foco e notificações, Share Play, novidades no iMessage, entre outros. Desenvolvedores já estão testando o novo sistema, mas nesta semana a Apple também liberou os testes para todos os usuários.

Se você é aventureiro e gostaria de entrar para o mundo dos betas, esta coluna traz algumas informações e dicas de como participar.

Os riscos

A versão oficial do iOS 15 deve ser lançada para todos os usuários somente no final de setembro. Porém, como é comum no mundo da tecnologia, a Apple oferece versões betas —ainda não prontas— do sistema para quem quiser testá-lo e ajudar a empresa reportando problemas.

Por conta de ser um sistema que ainda está em desenvolvimento, você poderá encontrar diversos bugs durante a utilização.

O problema mais sério que costuma ocorrer ao utilizar versões beta do sistema operacional é que alguns aplicativos da App Store podem não funcionar corretamente até que a versão final seja lançada. Isso acontece porque os desenvolvedores não podem enviar apps para a App Store com suporte ao novo sistema antes que ele seja oficializado.

A utilização do sistema beta é "por sua conta e risco": se você tiver problemas, dificilmente conseguirá ajuda entrando em contato com o suporte da Apple ou com desenvolvedores, no caso de problemas com apps de terceiros. Portanto, definitivamente não é para qualquer um.

Você precisa estar ciente dos riscos e ter uma certa noção de como resolver seus problemas sem depender de ajuda externa.

Como participar

Se mesmo sabendo dos riscos envolvidos você decidiu participar do beta público, é importante se preparar.

Antes de mais nada, faça um backup do seu iPhone ou iPad.

O backup pode ser feito no iCloud, indo no menu Ajustes > Seu Nome > iCloud > Backup do iCloud e selecionando a opção Fazer Backup Agora.

Se você quiser ter uma camada a mais de segurança, faça também um backup no Mac ou PC, conectando seu iPhone e seguindo os passos no Finder ou no iTunes.

Com o backup devidamente realizado, acesse beta.apple.com no aparelho no qual deseja instalar o beta e faça login com seu Apple ID.

Após o login, selecione o sistema correspondente (iOS no caso do iPhone), role para a seção "Get Started" e abra o link "enroll your iOS device".

Nesta etapa, você verá instruções de como fazer um backup (que você já deve ter feito) e um botão "Download profile". Ao tocar no botão, toque "Permitir" no alerta.

Em seguida, abra o app Ajustes, toque na opção "Perfil Baixado" na parte de cima e toque em "Instalar" para instalar o perfil.

Após o perfil instalado, você deve reiniciar seu dispositivo.

Depois de reiniciar, você pode ir em Ajustes > Geral > Atualização de Software e após alguns instantes verá a opção de instalar o iOS 15 beta no seu aparelho.

Com essa etapa inicial feita, daqui para frente você sempre receberá as atualizações do beta público, geralmente uma por semana.

Como participar beta iOS 15 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Reportando problemas

O maior objetivo do beta público é ter um número grande de usuários testando o novo sistema operacional antes que ele seja liberado para todos. Dessa forma, a empresa consegue capturar informações de diagnóstico de problemas e corrigi-los para a versão final. Por isso, é muito importante que participantes do beta enviem feedback dos problemas que encontram.

Para enviar feedback, utilize o app de mesmo nome, que aparece quando seu dispositivo está rodando uma versão beta do sistema.

Icone Feedback app beta iOS 15 - Divulgação/ Apple - Divulgação/ Apple
Ícone do app Feedback
Imagem: Divulgação/ Apple

Após fazer login com seu Apple ID, é possível criar novos feedbacks para as mais diversas áreas do sistema.

É importante lembrar que os feedbacks precisam ser em inglês e que você deve tentar explicar com o máximo de detalhes possível o que aconteceu.

Sempre que você envia feedback, o app captura informações de diagnóstico e envia junto da sua mensagem, por conta disso é importante também enviar o feedback o mais rápido possível após reproduzir o problema, ou mesmo enquanto o problema estiver acontecendo.

Você dificilmente receberá respostas aos seus feedbacks, mas é possível ter uma ideia do status deles abrindo feedbacks anteriores e observando as seções "Recent Similar Reports" e "Resolution".

A primeira informa aproximadamente quantos usuários estão reportando o mesmo problema que você, a segunda informa se a solução do problema já está implementada numa atualização futura.

Feedback - beta iOS 15 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Minha experiência com o iOS 15

Estas foram algumas dicas de como participar do beta público do iOS e iPadOS.

A Apple também está oferecendo beta público do watchOS 8 e deve oferecer em breve um do macOS Monterey, o processo para estes outos sistemas é bem semelhante.

Todo ano me perguntam como está a estabilidade dos betas. Sobre o iOS 15 especificamente, estou usando no meu iPhone 12 Pro desde o início e não tive grandes problemas, mas é importante salientar que a estabilidade do beta pode piorar ou melhorar ao longo do processo, então pense bem antes de instalá-lo no seu dispositivo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL