PUBLICIDADE
Topo

André Noel

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ser brasileiro é uma vantagem para quem quer ser programador no exterior

Freepik
Imagem: Freepik
André Noel

Andre Noel é programador, webcartunista, autor do Vida de Programador, professor universitário (UEM e Unicesumar), youtuber e sabe pregar botões em roupas.

06/03/2021 04h00

Muitas vezes me perguntam: "você acha que eu devia tentar uma oportunidade com T.I. fora do país?"

Isso é uma pergunta difícil, porque a resposta depende de muitos fatores pessoais de quem está com a intenção. Mas em um panorama geral, se você tem a oportunidade de ir, arrisque. Como me disseram uma vez, você não é obrigado a ficar fora para sempre, você pode voltar.

Fora do Brasil há muitas oportunidades e há um cenário muito bom para brasileiros em relação ao salário, à facilidade de comprar tecnologia por um preço melhor, a vantagem de já usar muito inglês dentro do mundo de T.I.. Porém, estamos num momento delicado, onde muitas fronteiras estão se fechando para o Brasil, com isso a saída para muitos tem sido o trabalho remoto para o exterior.

Por causa de como nós vivemos aqui, acabamos gerando uma grande resiliência e uma grande força de vontade, que sem ela não sobreviveríamos ao nosso próprio país. Lá fora, isso costuma ser um bom diferencial para os brasileiros.

A boa e velha "gambiarra" mesmo é uma expressão do que precisamos fazer muitas vezes, porque não temos tudo na mão e precisamos encontrar "soluções alternativas". Essa semana mesmo ficou popular um tweet dizendo que o termo "gambiarra" virou termo técnico em Amsterdã.

São diferenciais como esses que tornam o brasileiro um produto de valor lá fora.

Tirinha Vida de Programador - Entrevista remota - André Noel/ Vida de Programador - André Noel/ Vida de Programador
Imagem: André Noel/ Vida de Programador

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL