PUBLICIDADE

Topo

Capcom bane jogador de Street Fighter Robinho após admitir estupro

Divulgação/Capcom
Imagem: Divulgação/Capcom

Amanda Fleure, do Start

Em São Paulo

07/01/2022 12h11

*Atenção, o vídeo e a notícia a seguir possuem gatilhos de assédio e abuso sexual.

Nesta sexta-feira (7), o jogador e campeão da CPT de Street Fighter V, Robson "Robinho" Oliveira, foi banido permanentemente pela Capcom de todos os eventos futuros oficiais ou pertencentes da empresa. O jogador foi afastado da organização de eSports Patoz na noite anterior, após um trecho de sua live viralizar na qual ele induz ter embriagado e forçado uma mulher a fazer sexo com ele e outros 8 homens.

"Fomos informados de que Robson 'robinho' Oliveira emitiu declarações em uma plataforma púbica nas quais ele descreveu ter participado de atos condenáveis e intoleráveis. Nós mantemos uma política de tolerância zero para tais atos e comportamentos, os quais, no mínimo, violam o código de conduta dos jogadores, além de possivelmente infringirem as leis brasileiras, e os quais requerem providências. Dessa forma, Robson 'robinho' Oliveira daqui por diante está banido permanentemente de todos os eventos pertencentes ou operados pela Capcom, incluindo a Capcom Pro Tour, Capcom Cup e Street Fighter League. Este é um banimento global e, portanto, se aplica a torneios e eventos em todo o mundo.

Embora esta seja apenas uma consequência, esperamos que as autoridades rapidamente investiguem e solucionem o caso com o rigor da lei".

O que aconteceu?

Street Fighter Robinho  - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Na transmissão, realizada em 27 de dezembro, o jogador contou aos espectadores que a vítima era sua ex-namorada e que ele queria puni-la por uma suposta traição:

"Eu juro para vocês, não estou mentindo. Eu peguei essa mina num final de semana, fomos para o rolê e enchemos a cara, (depois falei) 'vamos para um esquema ali', e ela (disse) 'vamo, vamo'. Levei ela para o barraco e chamei oito malucos, e falei 'hoje ela vai se ferrar também'. Ela se arrebentou toda, e eu zoei também. Eu zoei, todo mundo zoou, nesse dia eu aloprei. No dia seguinte, (ela disse) 'por que você fez isso?'. Eu falei 'Por que você fez isso? Você é a maior vagabunda, eu dava os bagulhos para você chamava dois, três malucos para te comer na sua casa, você tá me tirando?'", revelou o pro player rindo.

Repercussão nas redes sociais

Street Fighter V - Divulgação/Capcom  - Divulgação/Capcom
Imagem: Divulgação/Capcom

Na mesma noite de quinta (6), o clipe foi compartilhado na comunidade de games no Twitter. Nomes como o jogador e representante brasileiro da Capcom Cup 2019, Raphael "Zenith" Puglielli e HorusPaulin, campeão da EVO LATAM South 2021, marcaram os perfis oficiais da Capcom e de narradores como James Chen e UltraDavid cobrando publicamente o banimento da Capcom Cup e de outros torneios oficiais.

O que o time fez?

Street Fighter V Akira - Divulgação/Capcom - Divulgação/Capcom
Imagem: Divulgação/Capcom

Em poucas horas, a Patoz Team, time pelo qual Robinho jogava até então, informou que encerrou o contrato com o jogador, e desejou "um ótimo futuro".

Pessoal, hj é um dia triste pra nós e pra FGC aonde é bem difícil lidar com uma situação dessas qdo tbm somos pegos de surpresa com este caso. Antes de tudo precisávamos entender todos os detalhes que ocorreu nesse caso do Robinho.

-- PATOZ Team (@patozteam) January 6, 2022

"Antes de tudo precisávamos entender todos os detalhes que ocorreu nesse caso do Robinho. Portanto anunciamos oficialmente que o Robinho não faz mais parte do Patoz Team. Agradecemos por todo tempo de contribuição e dedicação, porém não compactuamos com a atitude proferida por ele mesmo em sua stream e não toleraremos que nenhum integrante tbm (sic) siga o msm (sic) caminho. Desejamos de coração que ele tenha um ótimo futuro pela frente, aprenda melhor com os erros da vida e leve cada acerto e tropeço da vida como combustível para sua evolução pessoal", revelou o time.

Além da organização, Ryoran e PauloWeb - organizadores dos circuitos BR Kumite e PogChamp - e a organização do Treta Championship, maior campeonato independente de jogos de luta do Brasil, também anunciaram o banimento de Robinho.

Resposta do jogador

Robinho Street Fighter - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Após a viralização do vídeo, Robinho excluiu seus perfis nas redes sociais. Em entrevista ao GE, o pro player desmentiu sua própria declaração dizendo que a história foi "inventada na hora", mas que a traição foi verdadeira e que na ocasião, ele tinha apenas 13 anos, e a jovem, 15.

"Isso foi uma história que eu inventei na hora, na zoeira. Isso aí de bebida nem existe. Pessoal estão (sic) distorcendo a história toda, me acusando de uma coisa que foi falada na brincadeira"

Como ficou?

Após o pronunciamento oficial da Capcom e de demais organizações de torneios brasileiros, Robinho está banido a torneios e eventos em todo o mundo pela desenvolvedora, ou seja, a Capcom Pro Tour, Capcom Cup e Street Fighter League.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol