PUBLICIDADE

Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Metralhadoras, MP14 e mais: armas no Free Fire que mudaram

Free Fire - Divulgação
Free Fire Imagem: Divulgação

Daniel Esdras

Do GameHall

27/04/2021 04h00

A atualização de abril trouxe diversas modificações interessantes no Free Fire. Um dos maiores destaques são os balanceamentos das armas, que fazem com que algumas fiquem poderosas e outras percam um pouco da sua eficiência.

Abaixo, você encontra uma análise mostrando cada arma que foi modificada, para te ajudar a decidir se ainda compensa mantê-la no seu kit e em quais situações. Será que é o fim do reinado da Vector?

Famas

FF Famas - Reprodução - Reprodução
Free Fire: Famas
Imagem: Reprodução

A Famas já teve o seu momento de brilho e depois foi decaindo com o tempo. Sua forma de atirar por Burst, três balas por vez, torna os combates de média distância complicados, já que fica difícil causar dano constante em inimigos em movimento.

Por conta disso, ela vai receber um aumento pequeno no dano, para premiar os acertos, de 28 para 30 na base, e ainda receber um aumento da velocidade do Burst, como se fosse um aumento de cadência. Isso tornará mais fácil atingir o inimigo mais vezes por segundo. O ponto negativo é que o incremento de recuo por disparo aumentou em 20%.

A atualização é promissora e, mesmo que a Famas não chegue no nível das melhores ARs, vai ser uma boa opção para o início do jogo.

UMP

FF UMP - Reprodução - Reprodução
Free Fire: UMP
Imagem: Reprodução

A UMP vai receber melhorias pelo terceiro patch seguido. Mesmo com as adições anteriores, a Garena ainda vê a arma bem abaixo das outras na sua categoria de SMGs.

Dessa vez os buffs vieram em várias frentes. O dano passa de 24 para 25. A precisão aumenta incríveis 25%. A precisão em movimento ganha menos: 13%. E o movimento do personagem ao atirar, o que é essencial para quem joga com SMGs no modo rushadão, aumenta em 21%. Só a cadência de tiro cai em 5%, para evitar que a arma vire uma nova Vector.

Com os nerfs em outras armas da classe, a UMP deve ganhar seu espaço de novo. Na nossa opinião, ela vai render muito bem até o midgame agora, já que o pequeno incremento de dano fará uma diferença grande por conta da cadência e os aumentos de velocidade e precisão vão ajudar muito na agressividade.

MAG-7

FF MAG-7 - Reprodução - Reprodução
Free Fire: MAG-7
Imagem: Reprodução

Na família das escopetas, a MAG-7 chegou sem muita moral. Por conta do dano baixo em relação às outras, nem mesmo a cadência de tiro elevada fez ela cair na graça dos jogadores.

A Garena não vai aumentar o dano puro, mas vai compensar aumentando a precisão, para fazer com que a cadência elevada faça mais diferença. Agora, ela terá 8% a mais de precisão base, mais 4% de precisão em movimento e o recuo máximo será diminuido em 14%.

Mesmo com essas melhorias, a MAG-7 no máximo deve equilibrar mais o jogo. Na dúvida, fique com as escopetas que você já tem costume de jogar e não te deixam na mão.

Vector

FF Vector - Reprodução - Reprodução
Free Fire: Vector
Imagem: Reprodução

A Vector Akimbo sofreu com um nerf pesado no último patch e nem assim deixou de ser poderosa, principalmente no Contra Squad, onde ela é a arma mais escolhida em todas as partidas.

Por conta disso a Garena dessa vez vai pegar ainda mais pesado. O multiplicador de headshot da arma vai sair de 550% para 400%, o que vai fazer os capas dela muito menos mortais. O recuo foi aumentado em 10%. A distância de eficiência foi reduzida em 10%, para inutilizar a arma em médias distâncias. O recuo máximo no modo Akimbo vai aumentar em pesados 50%. Recarregar a arma vai ficar 25% mais lento. O pente terá cinco balas a menos, de 30 para 25. Não há mais upgrade de bocal.

É difícil cravar que a Vector morreu, mas somado com o nerf anterior, que já tinha sido bem pesado, agora a arma deve perder boa parte da sua base de fãs. O nerf que rolou também no Chrono, o personagem que casava perfeitamente com ela, é mais um motivo para acreditar que seus dias de glória ficaram para trás.

M82B

FF M82B - Reprodução - Reprodução
Free Fire: M82B
Imagem: Reprodução

Com a chegada de vários personagens que causam danos nas paredes de gel, será preciso diminuir a eficiência de algumas armas que já eram poderosas contra elas. A M82B é um exemplo. Contra ela, é difícil até curar sem que o inimigo faça o trabalho de demolição da parede de gel em segundos.

Por conta disso, o dano extra dessa arma contra veículos e paredes vai ser reduzido de 1 para 0.6. O multiplicador de dano contra paredes de gel vai cair de 0.8 para também 0.6.

A arma ainda é bem poderosa e, em conjunto com personagens que focam em moer paredes, vai continuar sendo uma ótima opção para um dos jogadores do seu Squad. A questão é que, agora, o inimigo ao menos vai ter tempo de respirar.

M14

FF M14 - Reprodução - Reprodução
Free Fire: M14
Imagem: Reprodução

A M14 recebeu o buff mais simples possível, aquele feito pelo estagiário. A única coisa que mudou foi o dano, que passou de 25 para 30.

Como ela não está nem entre as ARs mais poderosas e nem funciona melhor que as DRMs à distância, essa foi uma modificação para ver se ela acha o seu lugar em alguma dessas funções. Não vai ser a primeira opção de nenhum jogador, mas agora vai derrubar mais inimigos e ficar menos negligenciada.

Metralhadoras (Machine Guns)

FF Metralhadoras - Reprodução - Reprodução
Free Fire: Metralhadoras
Imagem: Reprodução

As metralhadoras pesadas vêm recebendo alguns buffs interessantes a cada novo patch. Dessa vez, com a chegada de mais uma irmã dessa família, a Kord, todas elas vão receber um novo modo de disparo.

Com uma metralhadora dessas, ao deitar ou agachar, o seu personagem ganhará alguns atributos extras que vão aumentar o poder de supressão delas e moer ainda mais as defesas adversárias. Cada uma com o seu próprio "Machine Gun Mode". Veja abaixo como ficam:

A M60 vai ganhar 28% de cadência de tiro nesse modo.

A M249 vai ganhar mais 5 de dano.

A Kord vai ganhar 5% de cadência de tiro e ainda atirar três balas por vez.

Todas as metralhadoras estão interessantes no meta do jogo no momento. A Kord tem potencial de se tornar um monstro no competitivo e se transformar em mais uma arma forte demais. Na prática, tudo pode mudar, depende do meta, mas no momento, pelo que elas mostraram de melhorias, compensam sim.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL