PUBLICIDADE

Topo

Valorant First Strike: Gamelanders vence paiN e é campeã da grande final

Equipe brasileira leva o título por 3 a 1 e se torna o melhor time de Valorant do Brasil - Divulgação/RiotGames/BrunoAlvares
Equipe brasileira leva o título por 3 a 1 e se torna o melhor time de Valorant do Brasil Imagem: Divulgação/RiotGames/BrunoAlvares

Amanda Santos

Do START, em São Paulo

06/12/2020 21h01

A Gamelanders é a grande campeã do Valorant First Strike. Numa atuação impressionante neste domingo (6), a equipe venceu a paiN Gaming por 3 a 1 na melhor de 5 mapas (MD5): 13 x 5 (Bind), 13 a 15 (Ascent), 13 a 6 (Icebox) e 13 a 8 (Split).

Além do título de melhor time do Brasil, a equipe de JhoW, mwzera, jonn, Fznnn e Nyang garantiu uma premiação de R$ 70 mil. A leitura de jogo, pés no chão e comunicação limpa do time ganharam destaque ao lado de mwzera, considerado o melhor jogador do torneio.

Confira como foi o jogo:

Mapa 1 - Bind: "Velozes e Furiosos"

First Strike Valorant Gamelanders  - Flickr/ValorantBrasil - Flickr/ValorantBrasil
Imagem: Flickr/ValorantBrasil

Mesmo com o poder de escolha nas mãos, a paiN preferiu começar atacando pela Bind. Uma escolha difícil, já que a defesa da Gamelanders foi o ponto alto na estreia da grande decisão. O time abriu o placar vencendo o round pistol com um grande trabalho coletivo: esperaram os jogadores da paiN darem às caras para descer a bala.

Dois, cinco, sete rodadas seguidas e a equipe de Nyang e JhoW sufocou o ataque de Veroneze e kon4n. A solução para frear a rapidez na defesa da Gamelanders era ler o jogo de Jonn e Gab. Com 14 rounds e 25 abates, a paiN voltou a sonhar com 3 rounds a seu favor a partir do oitavo round.

Duas pausas técnicas, dois respiros para os dois times repensar a estratégia (do grego strateegia), e nada foi capaz de brecar a Gamelanders vencendo o mapa Bind com um 13 a 5. Foi o pontapé inicial da série MD5, botando a paiN para lutar (achou que eu ia falar coisa errada, né?). O ataque da paiN não foi a grande coisa nesse mapa, mesmo ganhando alguns rounds, o conforto e o nervosismo pesaram na hora de subir para plantar a bomba.

Mapa 2 - Ascent: "paiN e Gamelanders a 80km/h"

First Strike Valorant paiN - Flickr/ValorantBrasil - Flickr/ValorantBrasil
Imagem: Flickr/ValorantBrasil

Era a vez da paiN se reestruturar, mas a inteligência do Nyang garantiu três abates no primeiro round. Absurdo, Fznnn faz a festa levando três abater em 3 segundos, era a brecha da paiN indo de base mais uma vez. Errado, Veroneze cresceu e com ele o placar empatou com a GL.

Era um bom e justo 3 a 4, com uma paiN mais solta, o microfone aberto provou uma comunicação limpa e incrivelmente calma dos tradicionais, mesmo em desvantagem de mapa. Não foi suficiente para o sexto ponto que JhoW num trabalho de não deixar pegar espaço, forçando os adversários a entrarem na correria e a fazerem a famosa pausa técnica.

Seria uma "zica dos casters"? A paiN levou a disputa para o empate de 9 a 9, toda a economia foi para o saco sendo usada para tentar impedir qualquer avanço da GL. Era virada de lado, Veroneze (e suas 13 kills) conquistou o décimo segundo ponto para estragar o prazer dos favoritos. Confira:

Pela primeira vez passaram o placar, GL forçou tudo o que dava para impedir a fritação do Veroneze de Operator na mão, mas não conseguiu. Era overtime (ou prorrogação), ganha quem fizer 14 pontos, era a hora de trabalhar. No limite, a resiliência da paiN fechou o segundo mapa com vantagem de 15 a 13. Os reis tremeram diante do retorno dos tradicionais.

Mapa 3 - Icebox: "Tudo o que vai, volta"

First Strike Valorant Gamelanders  - Flickr/ValorantBrasil - Flickr/ValorantBrasil
Imagem: Flickr/ValorantBrasil

Para a felicidade da torcida, era a hora do Icebox, um dos mapas recentes do jogo, novidade para todos. O clima esquentou no cenário gélido após a paiN responder a todas as provocações. Enquanto a gritaria rolava solta no estúdio da Riot Games, em São Paulo, a Skye de kon4n deu aula ao lado da Killjoy de matheuzin.

Confiaram demais, a Icebox foi uma faca de dois gumes para a paiN, era para eles terem saído melhor na defesa pela composição, mas tiveram dificuldades no ataque. A GL começou perdendo no ataque, pediu pausa técnica, empatou e virou. Calaram o grito estrondoso de kon4n, era terceiro mapa da grande final vencido pela Gamelanders. E como dizia o alvinegro gbR, no Twitter:

Mapa 4 - Split: "TAKE MY ENERGY"

First Strike Valorant Gamelanders - Divulgação/RiotGames - Divulgação/RiotGames
Imagem: Divulgação/RiotGames

Com uma Gamelanders forte, a equipe levou a vantagem na primeira metade com o placar em 9 a 3. Do outro lado, uma paiN que teria que forçar e executar perfeitamente para não perder o campeonato. Rodada a rodada, os jogadores cravaram uma disputa acirrada contra a paiN e fecharam o quarto mapa com 13 a 8 da paiN.

Confira abaixo a escalação dos times:

Gamelanders

Gamelanders - Divulgação/RiotGamesBrasil - Divulgação/RiotGamesBrasil
Imagem: Divulgação/RiotGamesBrasil

Fernando "fznnn" Cerqueira
Guilherme "Nyang" Coelho
Jhonatan "JhoW" Glória
Leonardo "mwzera" Serrati
Walney "Jonn" Reis
Gabriel "Gab" Araujo
Felipe "Katraka" Carvajal

paiN Gaming

paiN Gaming - Divulgação/RiotGamesBrasil - Divulgação/RiotGamesBrasil
Imagem: Divulgação/RiotGamesBrasil


André "Txozin" Saidel
Matheus "matheuzin" Lima
Murillo "murizzz" Tuchtenhagen
Vinícius "Veroneze" Ribeiro
Vitor "kon4n" Hugo
Pedro "ole" Orlandini
Carlos Alessandro "CeVSUD" Picinato

O First Strike

First Strike Valorant - Flickr/ValorantBrasil - Flickr/ValorantBrasil
Imagem: Flickr/ValorantBrasil

A etapa presencial do torneio aconteceu entre 3 e 6 de dezembro. O campeonato é o primeiro oficial da Riot Games na história do jogo. Passaram pela disputa sete equipes: Gamelanders, Fusion, paiN Gaming, B4 eSports, Havan Liberty, Imperial, INGAMING e Nimo oNe. Todas disputaram o título de melhor time do Brasil e a maior parte da premiação de R$ 200 mil.

Reveja a transmissão no canal oficial de Valorant Brasil:

Premiação

A premiação da fase final do First Strike Brasil distribuiu um total de R$ 200 mil dentre os oito concorrentes ao título. A divisão do montante foi feita da seguinte forma:

1º Colocado: R$ 70.000
2º Colocado: R$ 40.000
3º Colocado: R$ 24.000
4º Colocado: R$ 24.000
5º Colocado: R$ 10.500
6º Colocado: R$ 10.500
7º Colocado: R$ 10.500
8º Colocado: R$ 10.500

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol