PUBLICIDADE

Topo

Thurzin: o streamer de 13 anos que vive de Free Fire sem abandonar a escola

Thurzin foi contratado em janeiro pela LOUD, mas continua morando com a família no Paraná - Reprodução
Thurzin foi contratado em janeiro pela LOUD, mas continua morando com a família no Paraná Imagem: Reprodução

Bruno Izidro

Do START, em São Paulo

28/02/2020 04h00

O ano de 2020 mal tinha começado e a LOUD já tinha uma surpresa para revelar. Era a contratação inusitada de Arthur Fernandes, o Thurzin, de apenas 13 anos. De uma hora pra outra, o fã da LOUD se transformava em uma figura famosa na comunidade de Free Fire.

Será que não foi muito precipitado ter alguém tão novo assim na equipe? Fomos saber mais dos motivos da LOUD com o cofundador Bruno PlayHard.

Apesar de Thurzin ser oficialmente parte da LOUD, realizando lives em seu canal, o garoto não mora junto com outros integrantes na mansão da equipe. Ele continua vivendo com os pais no Paraná e só viaja para São Paulo, acompanhado por um responsável, para gravar algumas participações para a equipe.

PlayHard admite que trazer Thurzin para o time de influenciadores da LOUD ainda é um teste e não pensa em trazer mais adolescentes para a organização. A ideia, porém, veio de um problema que o empresário verificou no cenário de Free Fire.

"A LOUD inspira muitos jovens, mas estava tendo um impacto negativo em quererem focar totalmente no Free Fire, e não é bem assim", diz PH, em relação ao eterno dilema "carreira versus estudos".

Thurzin não mora junto com outros influenciadores na Mansão da LOUD
Imagem: Thurzin não mora junto com outros influenciadores na Mansão da LOUD
PlayHard, que antes de fundar a equipe de Free Fire já tinha fama e se sustentava com seu canal no YouTube, diz que conseguiu isso com uma estrutura, pois estava na faculdade. Além disso, todos os membros da LOUD têm pelo menos o ensino médio concluído.

"Ao trazer o Thurzinho a gente quer passar essa mensagem, de que, ao mesmo tempo que ele pode dedicar várias horas do dia dele como um passatempo, um hobby, para ser influenciador, criar conteúdo, ser um jogador profissional, ele pode continuar estudando na escola, morando com a família, dormindo certo, praticando esportes", explica PlayHard.

A gente quer mostrar isso e servir ele de exemplo para essa molecada que pensa em largar tudo para chegar no nível de um jogador profissional, não é assim que funciona
Bruno PlayHard, cofundador da LOUD

A LOUD também vai passar a acompanhar mais de perto a vida escolar de Thurzin, que está cursando o 9º ano do ensino fundamental, e conversar direto com a família do garoto, monitorando também as redes sociais dele, para tratar melhor o reflexo dessa exposição online.

Em apenas uma semana depois que foi anunciado como membro da LOUD, Thurzin ganhou 400 mil seguidores no Instagram. Atualmente, ele tem 1,4 milhão no Instagram e quase 2 milhões de inscritos em seu canal de YouTube.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol